Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Decorar a casa: quanto custa e por onde começar?

NeONBRAND/Unsplash
NeONBRAND/Unsplash
Autor: Redação

Decorar a casa pode ser uma dor de cabeça para muitas pessoas. Neste artigo assegurado pela Fixando para o idealista/news, o primeiro de uma rubrica semanal que agora iniciamos, ajudamos-te a saber por onde se deve começar.

Depois de comprar ou arrendar um imóvel o, passo seguinte mais entusiasmante é a decoração. Atualmente, a decoração de uma casa é, de resto, considerada de grande importância para os portugueses, que cada vez mais se empenham em projetos de pinturas, remodelação e reaproveitamento de objetos. 

Hoje em dia existem vastas opções no que se refere à seleção dos materiais a utilizar, com muitas pessoas a optarem por reutilizar objetos já existentes, como estofar um sofá antigo com um tecido que já não fica bem na sala nova, ou a cabeceira de uma cama, que já não condiz com os cortinados mais recentes.

Na Fixando*, plataforma portuguesa de contratação de serviços locais, em 2018, o custo médio de contratação de um estofador foi de 289 euros. Um serviço especializado que pode também incluir o restauro, tratamento e reparação de couro, com o custo médio de 108 euros, ou a própria reparação de estofos antigos, que custa em média 294 euros. 

Quer estejamos a falar de uma casa nova ou da redecoração do apartamento onde vivemos há mais de dez anos, a pintura será sempre uma componente fundamental. Em média, no último ano a contratação do serviço de pintura de interiores na Fixando teve o custo de 899 euros – orçamento que é sempre variável consoante as dimensões da propriedade em questão.

A instalação ou substituição de pavimentos é também importante quando se pretende dar uma nova vida à casa. Azulejos, carpetes, pavimento em madeira, ou vinílico são algumas das opções disponíveis. O orçamento deste tipo de projeto é também bastante variável, consoante os materiais selecionados e a dimensão do espaço onde se vai aplicar. Na Fixando, o custo médio dos projetos de pavimentos é 1.054 euros.

Colocar o projeto de decoração da nossa casa nas mãos de um profissional é também uma opção considerada por cada vez mais portugueses que querem ter a certeza que o resultado final é exatamente o pretendido. A contratação de um profissional de decoração de interiores tem o custo médio, na plataforma, de 720 euros. 

Se considerarmos todas as atenuantes neste artigo, incluindo um decorador de interiores, uma decoração profunda da casa pode chegar aos 3.364 euros. 

*Todos os valores apresentados têm como referência orçamentos reais da plataforma ao longo do último ano.