Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Obras na casa de banho? Estas dicas valem ouro

MELOM
MELOM
Autor: Redação

Estás a pensar fazer obras na casa de banho? Então este texto é para ser lido até ao fim. Para uma boa remodelação desta divisão da casa, é necessário apostar em revestimentos e equipamentos sanitários de qualidade e que se adaptem ao conforto desejado. Afinal de contas, não há nada melhor que, por exemplo, um bom banho para relaxar, num tempo que é só teu…

Com a ajuda da MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis, damos-te algumas dicas que podem ser muito úteis para dar uma segunda vida à casa de banho. Ora vê: 

Iluminação

A iluminação da casa de banho deve refletir uma luz o mais próximo do natural possível. Quando esta divisão é interior e não tem janelas para entrada da luz natural, esta característica torna-se muito difícil de concretizar. Hoje em dia, com o desenvolvimento da tecnologia de iluminação em LED, esta tarefa torna-se muito mais fácil. Existem já várias sugestões adaptáveis a todos os gostos, é só uma questão de escolha. 

Há que ter em atenção dois aspetos importantes: 

  • Iluminação geral: deve ser clara, o mais aproximado possível da luz natural e bem difundida pela divisão. 
  • Iluminação localizada: normalmente colocada na zona do lavatório, pode ser colocada por cima do espelho ou lateralmente, com uma projeção que não faça sombras ou reflexos.

Revestimentos

Para renovar a casa de banho deves começar pelas paredes e chão. Existe uma ampla oferta de materiais e texturas disponíveis e a um preço muito diversificado.

Podes optar por uma tinta. Esta deve ser adequada ao ambiente húmido e deve ter uma função antifúngica. Esta opção permite dar largas à imaginação, uma vez que a escolha de cores é quase infinita.

Também podes aplicar “papel” de parede. Existem várias cores e padrões em vinil ou material plastificado, resistente à água.

Painéis decorativos em PVC são outra solução. São aplicados por cima dos revestimentos existentes (estes são tapados com uma massa de regularização) com uma cola especial para ambientes húmidos. Há painéis coloridos, imitação de madeira, pedra, etc. Já existem no mercado empresas especializadas em trabalhar este material de forma personalizada, o que permite ter um padrão decorativo único e próprio. 

A solução mais tradicional é o revestimento com cerâmicos. Também oferece padrões e texturas para todos os gostos e todos os preços. Revestimento cerâmico, por cima do existente ou retirando o antigo.

MELOM
MELOM

Podes ainda optar por revestimentos de madeira. Embora não seja uma opção económica, a madeira cria um ambiente mais quente e acolhedor. Tem de se ter em consideração a aplicação de madeiras com tratamento especial para humidades e contacto permanente com a água.

Arrumação

Quando se trata de espaço para arrumação, este parece nunca ser suficiente. Sugerimos que avalies o espaço existente na casa de banho. Existem divisões mais amplas que permitem a instalação de móveis de arrumação. Hoje em dia, existem opções para todos os gostos e tamanhos. Agora, se o espaço é mais compacto e não consegues instalar um móvel de arrumação, avalia se existe algum espaço “morto”, que não seja de passagem. Por vezes, a simples instalação de prateleiras permite criar espaços de arrumação complementares, que podem ficar à vista ou ser preenchidos com caixas de arrumação decorativas. Estantes feitas por medida também podem ser uma solução.

MELOM
MELOM

Loiças sanitárias

As loiças de casa de banho podem custar várias centenas de euros e é fácil a pessoa deixar-se levar por linhas mais originais ou extravagantes, pelo que tem atenção ao orçamento face às tuas necessidades. 

Tem em consideração as características existentes na casa de banho, nomeadamente o posicionamento das torneiras, saídas de água e esgotos. Por vezes, e devido à antiguidade da habitação, o posicionamento destes pontos pode não ser compatível com as loiças sanitárias atualmente disponíveis no mercado. Se esse for o caso, sugerimos que contactes um especialista para teres uma melhor avaliação da solução a executar.

Rede de águas

Nunca é demais salientar a necessidade de verificar se a tubagem e as ligações do sistema de águas da casa de banho estão em boas condições, pois atendendo à utilização continua desta divisão, é extremamente importante que esteja sempre em pleno funcionamento.

No momento em que decidires avançar com a remodelação da casa de banho, considera a avaliação da canalização por um especialista. Caso seja necessário mudá-la, este é um fator importante a considerar, pois implica a abertura de roços e colocação de tubagens novas.

Substituir a banheira por uma base de duche

Hoje em dia, devido ao ritmo mais acelerado das nossas rotinas, as banheiras tornaram-se quase obsoletas na sua função. Ainda te lembras da última vez que tomaste um banho de imersão? São cada vez mais as famílias que optam por substituir as banheiras por soluções de duche mais adaptadas à rotina diária. Se esta é uma opção que estás a considerar, tem em atenção estes aspetos: 

  • O revestimento das paredes: a banheira está instalada por cima dos revestimentos existentes ou, ao ser retirada, vai encontrar uma parede de cimento e tijolo? Se a resposta for a segunda, tens de perceber que material de revestimento vais escolher para preencher o espaço antes ocupado pela banheira. Para encontrar a solução, vê a o ponto acima “Revestimentos”. 
  • A torneira: as torneiras de banheira são instaladas logo acima da banheira (a uma altura aproximada de 65-70 cm). Se vais optar por uma base de duche, a torneira tem de ser reposicionada, para lhe permitir uma utilização adequada (a cerca de 120-140 cm). Reflete sobre o tipo de resguardo que vais colocar na base de duche. Se optares por um resguardo fixo, não te esqueças de simular a entrada e saída do mesmo, para conferir se não existe nenhum obstáculo no caminho, como por exemplo, uma sanita ou um bidé.
  • Lembra-te: na dúvida, fala sempre com um profissional.

A elaboração deste artigo contou com o apoio técnico da MELOM Leonor Amado (Vila Franca de Xira).