Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dicas para ter uma cozinha americana perfeita

Dos móveis aos eletrodomésticos, passando pelas ilhas ou bancadas, até à iluminação e cores. É preciso prestar atenção a estes e outros detalhes.

MELOM Momentos (Coimbra)
MELOM Momentos (Coimbra)
Autor: Redação

A cozinha americana é conhecida por ser uma cozinha em open space com a zona da sala, permitindo diferentes interpretações – concetuais, formais, funcionais – e interações visuais desse espaço da casa, que será aberto, amplo e permeável. O típico caráter desordenado de uma cozinha conjugado com a habitual tranquilidade de uma sala, através da inexistência de paredes divisórias, permite uma flexibilidade espacial e de funções adaptado a um sem número de situações, nomeadamente aos modos de vida e de viver a própria casa, seja em família, seja quando se junta um grupo de amigos.

Com a ajuda da MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis, deixamos-te alguns truques e ideias de inspiração para montar uma bonita cozinha ao mais puro estilo americano. 

Como ter um modelo de cozinha americana funcional

Para ter uma cozinha americana funcional importa em primeiro lugar garantir que os espaços de cozinha e de sala são contíguos (em reabilitação/remodelação, terão que se situar lado a lado e em construção de raiz deverá ser logo opção de projeto), para que possam comunicar diretamente.

Posteriormente, e mediante a área em causa, o espaço deverá ser (re)organizado de forma a assegurar que nenhuma das funções se sobrepõe à outra, mas sim se complementam e prolongam, pensando para isso num layout que permita essa ligação.

As cozinhas abertas impõem também algumas regras na escolha de eletrodomésticos, devendo ser silenciosos, para salvaguardar o silêncio no espaço de sala, o exaustor deverá ter bastante potência, evitando a propagação de odores por todo o espaço e, caso haja crianças, o forno deve ser colocado alto, evitando qualquer acidente com esta fonte de calor.

Imagem de inspiração
A separação das áreas tem de ser bem definida / MELOM Momentos (Coimbra)

Tipo de móveis a usar para criar áreas distintas 

Na escolha de móveis para este tipo de cozinhas é importante relembrar que é um espaço que vai ficar ligado à sala, onde também existirá mobiliário, devendo-se evitar uma grande amálgama de estilos, podendo optar-se por móveis mais simples na cozinha, dando depois mais personalidade em pequenos apontamentos. Pode até criar-se um móvel de transição entre a cozinha e a sala, acessível dos dois lados, que simultaneamente divide e interliga os dois espaços.

O mesmo princípio se pode aplicar à escolha das cores, que combinem e não destoem, possibilitando harmonia no design dos espaços e permitindo que cada um deles tenha uma personalidade própria.

Imagem de inspiração
A cozinha e a sala devem estar em sintonia / MELOM Momentos (Coimbra)

A iluminação é igualmente uma questão importante nas cozinhas americanas, nomeadamente na zona de ligação à sala. Enquanto na zona de serviço se pode optar por uma iluminação mais direcionada à bancada - tipo focos e iluminação nos móveis superiores -, na zona de transição já poderá ser pensada uma iluminação ambiente com candeeiros suspensos e mais decorativos.

Criar a sensação de amplitude das áreas através de bancadas ou ilhas

O motivo para querer uma cozinha americana é a vontade de ter um espaço amplo, aberto, onde a vida aconteça da forma o mais fluida possível. Este conceito, ainda que de alguma forma diferente da cozinha tradicional, tem as mesmas exigências de funcionalidade de um espaço prático e com arrumação. Importa ressalvar que, mesmo sendo um espaço amplo e aberto, há sempre medidas de circulação que é conveniente preservar.

E é aqui que as bancadas de apoio e as ilhas entram. Consoante o espaço disponível, e sem retirar a amplitude pretendida, têm-se estas opções de mobiliário para cumprimento das funções de cozinha. Em espaços mais pequenos, a bancada cumpre bem a função de ligação cozinha-sala, ao ser um elemento mais leve e com uma utilização mais livre - tanto pode servir de mesa de refeições, como pode ser apenas bancada de apoio às duas utilizações do espaço.

Imagem de inspiração
As cores e iluminação são muito importantes / MELOM Momentos (Coimbra)

Havendo uma maior área disponível, a ilha é a hipótese que pressupõe uma maior versatilidade, podendo do lado da cozinha ter uma função mais prática com zona de fogão e lava-louças, por exemplo, e do outro lado ter espaço de arrumação e/ou zona de refeições.

Imagem de inspiração
Bancadas para casas mais pequenas, por exemplo / MELOM Momentos (Coimbra)

*Este artigo contou com o apoio técnico da MELOM Momentos (Coimbra)