Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Vídeo viral: Quem são os heróis da pandemia? Os “preguiçosos” que ficam no sofá

Campanha lançada pelo governo alemão “faz um regresso ao passado” de um cidadão, que em plena pandemia ficou em casa a... “viver” no sofá.

Autor: Redação

Como se vence uma batalha chamada Covid-19? Fazendo nada. Ficando no sofá. É desta forma, usando e abusando do humor, que o governo alemão alerta para a necessidade e importância do que é preciso fazer para combater a disseminação da crise pandémica. Num vídeo com cerca de minuto e meio e carregado de emoções, exaltam-se os heróis do sofá, que ajudam, desta forma, a dar resposta à segunda vaga da pandemia.

É como se o sofá fosse uma trincheira. No vídeo, um idoso, de nome Anton Lehmann, recorda a sua juventude, que remonta precisamente ao ano de 2020. “Tinha feito 22 anos e estava a estudar engenharia quando chegou a segunda vaga. Com esta idade, um jovem quer festa, estudar, conhecer novas pessoas, beber ‘copos’ com amigos. O destino tinha planos diferentes para nós”, começa por dizer. 

No mesmo vídeo, Lehmann conta que, “de repente, o destino do país” esta nas suas mãos. Nas suas e nas de todos os jovens alemães. “Ganhámos coragem e fizemos o que era esperado de nós. A única coisa certa. E fizemo-lo. Nada. Absolutamente nada (...). O sofá era a nossa frente de batalha e a paciência a nossa arma (...). Foi assim que nos tornámos heróis”, refere o homem.

Este relato tragicómico, carregado de épica e com o qual o Executivo aspira a sensibilizar a população, viralizou-se a grande velocidade. Por exemplo, o vídeo superava hoje as 1.400.000 reproduções na conta de Twitter do porta-voz do Governo, Steffen Seibert, três dias depois de tê-lo partilhado.