Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Este antigo castelo japonês de madeira foi convertido num magnífico hotel

Graças a um delicado trabalho de restauro, regressou ao seu antigo esplendor e transformou-se numa excecional residência que se encontra agora aberta ao público.

ozucastle.com
ozucastle.com
Autor: Redação

Todas as quartas-feiras apresentamos um hotel com encanto. E desta vez o galardão vai para o magnífico solar de Ozu, um verdadeiro pedaço da história transformado num hotel de 4 estrelas onde é possível saborear a atmosfera do Japão medieval. É um castelo de madeira do século XVII (também conhecido como Castelo Jizōgatake).

As primeiras estruturas defensivas de Ozu datam do século XIV (embora o castelo atual tenha sido construído entre 1585 e 1617). Durante o período Meiji, a estrutura caiu em desuso, de modo que em 1888 foi feita uma demolição parcial. No entanto, em 1957, o que restava foi reconhecido como património cultural nacional.

Graças a um delicado trabalho de restauro, regressou ao seu antigo esplendor e transformou-se numa excecional residência que se encontra agora aberta ao público como hotel pela primeira vez, preservando a sua estrutura original em todas as suas características.

Ficar aqui, no entanto, não é uma experiência para todos. Durante o ano, há um número máximo de 30 estadias e um máximo de 6 pessoas por cada vez. E depois porque um pacote para duas pessoas, por exemplo, custa cerca de 7.900 euros.

Diversas atrações estão incluídas no preço. Desde a kagura, espetáculo de dança tradicional que foi declarado património imaterial da cultura popular japonesa, até o jantar servido numa das quatro torres do castelo. O pequeno-almoço é servido no Garyu Sanso, uma tradicional sala de chá no Rio Hiji.