Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Re-open EU: regresso seguro das viagens com o apoio de Bruxelas

Nova plataforma tem informação em tempo real sobre as fronteiras, meios de transporte e serviços turísticos nos Estados-membros, e está disponível nas 24 línguas oficiais.

copyright UE
copyright UE
Autor: Redação

A Comissão Europeia lançou esta segunda-feira, 16 de junho de 2020, a Re-open EU, uma plataforma digital para apoiar o relançamento seguro das viagens e do turismo em toda a Europa, com informação em tempo real sobre as fronteiras, meios de transporte e serviços turísticos nos Estados-membros. Está disponível nas 24 línguas oficiais da União Europeia (UE).

A Re-open EU incluirá também informações práticas fornecidas pelos Estados-Membros sobre as restrições às viagens, a saúde pública e as medidas de segurança, tais como o distanciamento físico ou o uso de máscaras, e outras informações úteis sobre a oferta turística a nível nacional e da UE. E ainda, informações sobre os regimes de vales patrocinados, que permitem aos consumidores apoiar os seus hotéis e restaurantes preferidos, adquirindo vales para estadas ou refeições para usar depois da reabertura, ajudando estes setores económicos.

“Isto permitirá aos europeus tomar decisões responsáveis e bem informadas sobre a forma de gerir os atuais riscos relacionados com o coronavírus aquando do planeamento das férias e viagens para este verão e meses seguintes”, refere a Comissão Europeia, em comunicado.

Thierry Breton, comissário do Mercado Interno, lembra que, após semanas de confinamento, e com as fronteiras internas da UE a reabrir, o Re-open EU “permitirá aos viajantes aceder facilmente a informação que os ajudará a preparar com confiança os planos de viagem e a manterem-se seguros durante a viagem”, e ajudará igualmente os proprietários de pequenos restaurantes e hotéis, bem como as cidades de toda a Europa, “a inspirarem-se nas soluções inovadoras desenvolvidas por outros”.

“O vasto e rico património cultural da Europa é um dos nossos principais trunfos. Mas sem a possibilidade de viajar e com a maioria dos locais encerrados estes últimos meses, a cultura e o turismo foram duramente atingidos. A plataforma Re-open EU oferece informações atualizadas e essenciais para que possamos recomeçar a explorar a Europa de forma segura”, sublinha ainda Mariya Gabriel, Comissária da Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, e responsável pelo Centro Comum de Investigação (JRC).

A plataforma faz parte do pacote europeu “Turismo e Transportes”, lançado a 13 de maio de 2020 para restabelecer a confiança entre viajantes na EU e ajudar a uma retoma segura do turismo europeu, em conformidade com as precauções sanitárias necessárias. A nova plataforma, que também possui uma versão móvel específica, pretende servir de ponto de referência fundamental para quem viaja na UE, centralizando num só sítio informação atualizada da Comissão e dos Estados-Membros.