Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Covid-19

Últimas notícias sobre "Covid-19" publicadas em idealista.pt/news

Empresas que recorram ao “novo lay-off” recebem ajuda para subsídio de Natal em 2021

As empresas que recorrerem ao apoio extraordinário à retoma progressiva da atividade, medida que sucedeu ao lay-off simplificado, têm de pagar o subsídio de Natal na íntegra, mas o apoio da Segurança Social chegará em 2021, segundo um esclarecimento prestado esta segunda-feira (10 de agosto de 2020).

Notícia sobre:

Exportações afundam mais de 30% no segundo trimestre “à boleia” da pandemia

Com a pandemia da Covid-19, as exportações afundaram 30,6% no segundo trimestre do ano face ao período homólogo. Em causa estão dados divulgados esta sexta-feira (7 de agosto de 2010) pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que permitem concluir, ainda, que o impacto do novo coronavírus também se fez sentir nas importações, que caíram 34,4%.

Notícia sobre:

Covid-19 faz mossa mas investiram-se 1.670 milhões em imobiliário comercial até junho, um recorde

O mercado imobiliário português sentiu o impacto da pandemia da Covid-19 nos primeiros seis meses do ano, tendo havido uma “suspensão generalizada dos processos de tomada de decisão” no segundo trimestre. Mas nem tudo são más notícias, já que foram investidos em imobiliário comercial 1.670 milhões de euros entre janeiro e junho de 2020, um novo máximo histórico semestral. Em causa estão dados que constam no último “Market Update” da Cushman & Wakefield (C&W).

Notícia sobre:

Álcool gel no carro, e agora? Pode evaporar-se mas não há risco de se incendiar sozinho

Serão muitos os portugueses que, por precaução, deixam uma embalagem de álcool gel no carro, para desinfetar as mãos quando e se acharem necessário. Será esta uma boa “política”? Haverá riscos, como por exemplo o do produto se incendiar sozinho se estiver muito calor? Para a Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, esse cenário não se coloca, mas deve evitar deixar-se o líquido “estacionado” na viatura, porque pode evaporar-se.

Notícia sobre:

Pandemia pôs mais de um milhão de portugueses a trabalhar em casa

A pandemia fez disparar o trabalho remoto. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), no segundo trimestre de 2020, o número de teletrabalhadores em Portugal cresceu 23,1% para mais de um milhão de pessoas. O gabinete de estatísticas apurou ainda que, em casa ou fora de casa, os portugueses trabalharam quase o mesmo número de horas.

Notícia sobre:

Coldwell Banker abriu duas novas agências em julho – no Parque das Nações e em Almada

A Coldwell Banker Portugal, que chegou ao mercado nacional em abril de 2018 – foi fundada nos EUA, em 1906, e define-se como “a mais antiga e bem estabelecida rede imobiliária do mundo” –, anunciou esta quarta-feira (5 de agosto de 2020) que passou a contar com mais duas franquias a partir de julho: a Coldwell Banker Class, na zona do Parque das Nações, em Lisboa, e a Coldwell Banker Southbay, em Almada. A mediadora passa assim a ter sete agências em Portugal. 

Notícia sobre:

Turismo no interior com maior procura que em 2019, assegura Governo

O turismo no interior tem registado uma maior procura em relação a 2019, devido à pandemia da Covid-19, afirmou esta terça-feira (4 de agosto de 2020) a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. Em contraciclo com os indicadores nacionais, o turismo no interior tem registado “uma procura muito relevante, ultrapassando os valores registados no ano passado”, disse.

Notícia sobre:
Marina Maliutina on Unsplash

Pandemia abranda crédito da casa no 2º trimestre: bancos emprestaram 833 milhões em junho

O negócio do crédito à habitação esteve ao rubro durante o início do ano, tendo a concessão abrandado a partir de abril, mês já marcado pela pandemia da Covid-19. Em junho, os bancos emprestaram 833 milhões de euros para a compra de casa, ligeiramente mais que em maio (830 milhões) e em abril (831 milhões), segundo dados do Banco de Portugal (BdP). Um montante, portanto, bem inferior ao registado em janeiro (977 milhões), fevereiro (919 milhões) e março (952 milhões).

Notícia sobre:

Perguntas e respostas sobre o sucessor do lay-off simplificado, que já está em vigor

O apoio extraordinário à retoma progressiva da atividade para empresas em crise devido à pandemia da Covid-19, que sucede ao lay-off simplificado, entrou em vigor dia 1 de agosto de 2020, terminando a 31 de dezembro deste ano. Ao contrário do lay-off simplificado, que terminou em julho – mantém-se apenas para as empresas encerradas por decisão legal ou para as que ainda não atingiram o limite das três prorrogações mensais –, este novo apoio só prevê a possibilidade de redução dos horários de trabalho e não a suspensão dos contratos.

Notícia sobre:

Guia das moratórias: o que são, quem pode aderir e quais são os prazos

As famílias e empresas que pretendam (e possam) aderir à moratória pública do crédito – nomeadamente à habitação – vão ter mais tempo para o fazer, já que o prazo foi prolongado até 30 de setembro de 2020, revelou o Banco de Portugal (BdP), adiantando que as “condições que os clientes bancários devem preencher para poderem beneficiar destas medidas foram também flexibilizadas”. Quem pode, afinal, recorrer as estas moratórias públicas criadas pelo Governo para dar resposta à crise gerada pela pandemia da Covid-19? Quais são os prazos para aceder?

Notícia sobre: