Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugueses ainda têm em sua posse 155,8 milhões de euros em notas de escudos

Wikimedia commons
Wikimedia commons
Autor: Redação

Os portugueses ainda têm em sua posse 155,8 milhões de euros em notas de escudos, sendo que, no final do ano passado, nas tesourarias do Banco de Portugal (BdP) foram trocadas notas de escudo no valor de 1,2 milhões de euros (74.694 notas). “No final do ano, continuavam na posse do público 19,6 milhões de notas de escudo, num montante total de 155,8 milhões de euros. Um terço do valor por recolher correspondia a notas de 5.000 escudos”, refere a entidade em comunicado.

Em causa estão dados que constam no primeiro relatório anual da Emissão Monetária. Segundo o BdP, e no que diz respeito à falsificação de notas, continua a ser residual. “No entanto, é importante saber reconhecer se uma nota é verdadeira: uma nota contrafeita nunca poderá ser trocada por uma genuína, ainda que tenha sido aceite por engano”, alerta o regulador.

O banco liderado por Carlos Costa adianta que em 2015 processou 641 milhões de notas e 48 milhões de moedas, sendo que cerca de 180 milhões de notas e 280 mil moedas foram retiradas de circulação por não satisfazerem os requisitos de qualidade necessários.

“Foram retiradas de circulação em Portugal 8.588 notas contrafeitas (55% de 20 euros; 28% de 50 euros) – representando 1% do total de notas contrafeitas apreendidas na área do euro – e 3.424 moedas contrafeitas (72% eram moedas de dois euros) – correspondendo a 2% das moedas contrafeitas apreendidas na área do euro”, lê-se no site do BdP.

Relativamente ao valor das notas depositadas no BdP – desde a introdução do euro –, excedia em 10 mil milhões de euros o valor das notas levantadas. “Em 2015, o BdP produziu 81 milhões de notas de cinco euros, 29 milhões de notas de 20 euros e, no âmbito da produção-piloto do Eurosistema, 22 milhões de notas de 50 euros da série Europa (a nota de 50 euros da série Europa entra em circulação a 4 de abril de 2017). Foram levantados do BdP 10,7 mil milhões de euros em notas e 41 milhões de euros em moedas. Os depósitos de notas totalizaram 12,4 mil milhões de euros e os de moedas 23 milhões”, conclui o estudo.