Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Maioria dos portugueses vai passar a Páscoa em casa

Autor: Redação

A maioria dos portugueses (71%) passará a Páscoa no conforto da casa ou na dos seus familiares e amigos. Em causa está o estudo Observador Cetelem Páscoa 2018, que concluiu que os residentes em Portugal optam sobretudo por “‘ir para fora cá dentro’ e por fazer umas miniférias junto dos que lhes são mais próximos para recarregar baterias”. 

Desta forma, 37% dos inquiridos – o estudo tem por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os géneros e com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos – afirmaram que ficarão em casa própria e 34% que ficam em casa de amigos ou familiares.

O Observador Cetelem Páscoa 2018 conclui ainda que 9% dos que ficam em território nacional preferem ficar alojados num hotel, 6% planeiam alugar um alojamento particular, 2% optam por alojamento local e apenas 1% por hostels. 

Entre os inquiridos que responderam que pensam viajar para outro país nas férias da Páscoa, mais de metade (54%) planeiam alojar-se num hotel e 18% em hostels. A casa de familiares ou amigos neste caso é procurada por 12% dos viajantes e apenas 10% pretendem ficar num alojamento particular de reserva online. 

“A Páscoa é uma época festiva e uma ocasião para reunir as pessoas mais próximas. Este ano, a maioria dos portugueses que decidiu tirar férias durante esta época assume que pretende passá-las em casa própria ou de familiares ou amigos. A conclusão deste estudo reflete precisamente essa união, aliada a uma forma de gastar menos dinheiro e economizar para usufruir de outras atividades durante as férias”, disse em comunicado Pedro Camarinha, diretor de Distribuição do Cetelem.