Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Censos 2021: questionário vai poder ser feito pela internet ou pelo telefone

John Schnobrich/Unsplash
John Schnobrich/Unsplash
Autor: Redação

O Instituto Nacional de Estatística (INE) desenhou um novo método de recolha de dados para os Censos 2021. Pela primeira vez, cada casa receberá uma carta com um código e espera-se que a maior parte das famílias responda ao questionário pela internet ou por telefone. Os recenseadores só farão uma visita às casas que não tiverem respondido ao questionário.

O primeiro teste a este novo sistema vai arrancar a 16 de abril, segundo o Expresso. O teste irá abranger apenas sete freguesias do país, uma por cada região (NUT II), num total de 19.000 casas e 35.000 pessoas. O objetivo é simular as várias fases do processo final para perceber se o modelo está bem desenhado, procurando ainda avaliar a adesão das pessoas às respostas pela internet, por telefone e por escrito.

“Escolhemos estas sete freguesias não pela representatividade estatística, mas para saber se, por exemplo, as que são muito urbanas têm um comportamento de resposta diferente das que são mediamente urbanas ou rurais”, explicou Anabela Delgado, diretora do Gabinete para os Censos 2021 no INE, ao semanário.

“Para 2021 queremos um censo digital e isso significa que temos em vista que a maioria das pessoas possa responder através da internet, em qualquer dispositivo móvel. Vamos também alterar substancialmente a organização das pessoas no terreno, com dispositivos móveis para fazer a recolha”, acrescentou a responsável.

Ver mais notícias sobre: 
CensosCensos 2011PopulaçãoSociedade