Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Sociedade

Últimas notícias sobre "Sociedade" publicadas em idealista.pt/news

RGPD: Vazio legal impede seguradoras de tratar dados de saúde a partir de 25 de maio

A entrada em vigor do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), dentro de dias, vai criar um vazio legal relativamente às seguradoras. A explicação é simples: os dados de saúde para os seguros exigem que exista uma legislação específica, que Portugal ainda não tem.

Notícia sobre:

CNPD sem dinheiro para fiscalizar regulamento que entra em vigor dia 25 de maio

A nova lei da proteção de dados (o RGPD) vai entrar em vigor sem orçamento para a fiscalização. Filipa Calvão, presidente da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) – entidade que terá a missão de fiscalizar o cumprimento das novas regras em Portugal – foi ao Parlamento avisar que não tem recursos para assegurar essa tarefa.

Notícia sobre:

RGPD: novas regras da proteção de dados “podem criar oportunidades” para as empresas

O Regulamento Geral da Proteção de Dados (RGPD) está aí à porta – entra em vigor a 25 de maio. E muitas empresas olham para as novas regras com preocupação. A nova normativa não pode ser ignorada, mas também não deve ser encarada como uma dor de cabeça, aconselham os especialistas.

Notícia sobre:

Censos 2021: questionário vai poder ser feito pela internet ou pelo telefone

O INE desenhou um novo método de recolha de dados para os Censos 2021. Cada casa receberá uma carta com um código e espera-se que a maior parte das famílias responda ao questionário pela internet ou por telefone. Os recenseadores só farão uma visita às casas que não tiverem respondido ao questionário.

Notícia sobre:

Estado mandou encerrar mais de 100 lares de idosos por falta de condições

No ano passado, o Instituto de Segurança Social (ISS) inspecionou 1.488 estabelecimentos sociais – mais de metade dos visitados entre 2015 e 2017 – e mandou encerrar 133. Nesses três anos o ISS propôs a suspensão de 62 acordos de cooperação, levantou 1.710 autos de contraordenação e 61 de ilícitos criminais.

Notícia sobre:
Vista panorâmica da cidade do Porto

Porto é a segunda cidade mais divertida do mundo (e Lisboa também está no Top 10)

Quais são as melhores cidades do mundo para se viver? As mais excitantes, divertidas e acessíveis? Sim, há muitas cidades a disputar estes títulos. Porto e Lisboa não quiseram ficar de fora da lista e conseguiram marcar lugar no ranking da Time Out City Life Index deste ano. O inquérito, realizado a 15.000 pessoas em todo o mundo, avalia as cidades com base na gastronomia, cultura, simpatia, acessibilidade de preços, felicidade e condições de vida.

Notícia sobre:

Portugueses fazem mais compras online. Gastaram 4,6 mil milhões em 2017

As compras online estão definitivamente na moda. Que o digam os portugueses, que são cada vez mais adeptos do e-commerce. O valor das compras online realizadas pelos portugueses mais que duplicou em oito anos: atingiu os 4,6 mil milhões de euros em 2017.

Notícia sobre:

Ano novo, vida nova... Os preços que sobem e descem em 2018

Ano novo, vida nova. Ou como quem diz, novos preços. A chegada de 2018 vai trazer alterações nos preços de vários bens e serviços. E porque está na hora de começar a fazer as contas à vida (aos preços, aliás), decidimos mostrar-te o que vai subir e descer este ano.

Notícia sobre:

E o melhor destino turístico do mundo é...

Portugal está na moda e voltou a arrecadar mais um prémio. Desta vez o país à beira mar plantado foi eleito “Melhor Destino Turístico do Mundo” nos World Travel Awards (WTA), tornando-se o primeiro país europeu a conquistar esta distinção. Portugal levou a melhor sobre concorrentes como Brasil, Grécia, Maldivas, EUA, Marrocos, Vietname ou Espanha.

Notícia sobre:

É oficial: multa até 750 euros para quem exigir fotocópia do Cartão de Cidadão

A partir de agora quem exigir a fotocópia do Cartão de Cidadão contra a vontade do seu titular vai pagar uma multa que oscila entre 250 e 750 euros. É proibida "a reprodução do Cartão de Cidadão em fotocópia ou qualquer outro meio sem consentimento do titular, salvo nos casos expressamente previstos na lei ou mediante decisão de autoridade judiciária", pode ler-se nas alterações à lei do documento, que entrou em vigor esta semana.

Notícia sobre: