Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Banco de Portugal apreendeu 11.290 notas falsas no primeiro semestre (as de 20 lideram a lista)

Gtres
Gtres
Autor: Redação

No primeiro semestre do ano, o Banco de Portugal (BdP) retirou de circulação 11.290 notas contrafeitas, mais 1.519 que no semestre anterior. As notas de 20 e 50 euros, por esta ordem, foram as mais apreendidas, sendo que 67% das notas falsas foram de 20 euros, somando 7.622 no total.

Segundo as estatísticas do BdP, os valores relativos às apreensões de notas “permanecem residuais quando comparados com as notas em circulação”. 

De referir que foram apenas apreendidas 27 notas de 500 euros nos primeiros seis meses do ano, bem menos que as retiradas de circulação no semestre anterior (1.976 notas).

Em sentido inverso encontram-se as notas de 100 euros, cuja apreensão disparou cerca de 170%: foram “confiscadas” 260 no último semestre de 2017 e 726 entre janeiro e junho deste ano.

“As contrafações apreendidas apresentam qualidade regular e podem ser identificadas tocando, observando e inclinando a nota para detetar os seus elementos de segurança (metodologia ‘Tocar – Observar – Inclinar’), sem utilizar qualquer instrumento de verificação”, explica o BdP em comunicado.

O supervisor revela que “no segundo semestre de 2019, em data a anunciar, serão colocadas em circulação as novas notas de 100 e 200 euros que completam a segunda série de notas de euro – a série Europa”.