Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cidades europeias estão cada vez mais quentes...

Público
Público
Autor: Redação

As cidades europeias estão, em média, um grau mais quentes que no século passado. Foi em Kiruna, na Suécia, que a temperatura média mais subiu (aumentou 3,4 graus face à média registada no período entre 1900 e 1999) nos últimos 17 anos. A completar o pódio encontram-se Fredrikstad, na Noruega, e Lappeenranta, na Finlândia, que aqueceram três graus.

Segundo o Público, que se apoia em dados do Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo (ECMWF, na sigla em inglês) – resultam da análise feita pela European Data Journalism Network às temperaturas médias registadas diariamente em 558 cidades europeias desde 1900 –, as cidades portuguesas foram as que menos aqueceram

Foi em Évora que as temperaturas mais subiram nos últimos 17 anos quando comparada com a média do século passado. Foram 0,8 graus Celsius. Ponta Delgada (Açores), com mais 0,1ºC, é a menos quente.