Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Compras online: pagamentos com cartão vão ser mais seguros

Para evitar riscos de fraude nas compras através da internet, além dos dados do cartão, será preciso usar outros elementos de segurança.

Photo by rupixen.com on Unsplash
Photo by rupixen.com on Unsplash
Autor: Redação

As compras através da internet já tinham muitos adeptos – e ganharam outros tantos durante o período de confinamento provocado pela pandemia da Covid-19. Ainda assim, e porque é preciso evitar burlas e fraudes no mundo online, os procedimentos de segurança vão ser reforçados. A partir de janeiro de 2021, ao fazeres uma compra online com cartão de crédito ou de débito, não poderás confirmar a operação apenas com os dados do cartão, como até aqui. À semelhança do que já acontece com o homebanking, vai ser adotada a chamada "autenticação forte", segundo explica a Deco.

Na prática, e para confirmar o pagamento, será necessário recorrer a outros elementos de segurança, por exemplo, uma password, uma impressão digital (se usar o smartphone ou o tablet) ou um código enviado por SMS.

“Mesmo que os dados do cartão sejam comprometidos, se não for colocado o elemento de segurança extra, a compra não é paga, mitigando as fraudes existentes neste tipo de transações”, adianta a associação para a defesa do consumidor. A Deco lembra, contudo, que “para receber o código por SMS (o elemento mais utilizado na autenticação forte), os contactos associados às contas bancárias têm de estar atualizados”.

O Banco de Portugal (BdP) recomenda que os contactos nas diferentes instituições bancárias sejam atualizados até ao fim de agosto. “Mesmo que tenhas apenas uma conta cartão (e não uma conta à ordem), como acontece com alguns cartões de crédito, deves atualizar o contacto associado Se não o fizeres, corre o risco de, após a implementação desta tecnologia, não conseguires fazer pagamentos eletrónicos com o cartão, por não receber o referido código por SMS”, alerta ainda a Deco.