Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Remessas dos emigrantes caem com a pandemia – subiam desde 2009

ECO
ECO
Autor: Redação

As remessas dos emigrantes têm vindo a subir ano após ano – é assim desde 2009 –, mas devem cair em 2020, na sequência da pandemia da Covid-19. Nos primeiros dez meses do ano passado, ou seja, entre janeiro e outubro, os emigrantes enviaram menos 55 milhões de euros para Portugal face ao período homólogo.

Segundo o ECO, que se apoia em dados do Banco de Portugal (BdP), em 2019, as remessas dos emigrantes aumentaram 41 milhões de euros face ao ano anterior para 3,6 mil milhões de euros, sendo preciso recuar até 2001 para encontrar um valor superior: 3,7 mil milhões de euros.