Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Deco Alerta: como podes evitar problemas com rent-a-car?

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os cuidados a ter com os "rent-a-car" são o oitavo tema da Deco Alerta. Destinada a todos os consumidores em Portugal, esta rubrica semanal é assegurada pela Deco - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o Idealista News Portugal.

Envia a tua questão para a Deco, por email para gcabral@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20.

Em viagem de férias, de negócios ou até para substituir o carro que está na oficina, podes sempre socorrer-te do serviço de rent-a-car. Mas as situações inesperadas e desagradáveis acontecem. Sabe mais sobre o que podes fazer para evitar problemas com este serviço.

O primeiro passo deve ser pesquisar atentamente o que o mercado nos oferece. Comparar as tarifas que as diferentes empresas anunciam, tendo em atenção que os preços apresentados podem corresponder a serviços distintos. Na tua navegação internauta, compara sempre o que é comparável, como por exemplo carros da mesma gama e procura pormenorizadamente a cobrança de tarifas extra, muitas vezes, escondidas ou disfarçadas, como seja a cobrança de taxas por pagamento com o cartão de crédito.

Escolha certa

A escolha acertada deverá ser feita, apenas, no âmbito das empresas autorizadas, que estão identificadas no portal do Instituto da Mobilidade e dos Transportes. Antes de tomares a tua decisão final, solicita a informação escrita, em papel ou em suporte digital, sobre as características do carro, as modalidades da caução, as coberturas do seguro, o modo de entrega, o cancelamento da reserva ou possíveis penalizações.

Deves estar atento às restrições para alugar ou conduzir o automóvel. Por vezes, as empresas de rent-a-car limitam a condução a quem celebra o contrato e ao cônjuge. Outras exigem a identificação de todos os possíveis condutores e estabelecem limites de idade, tal como ser permitido apenas o aluguer a quem já completou 21 anos ou que já tenha a carta de condução a mais de 2 anos.

Lê todas as letrinhas pequenas

Por fim, terás de ler muito atentamente o contrato, mesmo as letras pequeninas, antes de o assinar. Se tiveres dúvidas, exige que te expliquem todos os pormenores antes de formalizar este contrato. Ter contrato escrito é muito importante e pode evitar desentendimentos futuros.

 Pede informação sobre a caução, que, muitas vezes, é retirada diretamente da conta bancária e ainda sobre o que fazer em caso de avaria do veículo.
Verificar o estado do carro no ato da entrega é fundamental para não seres responsabilizado por danos que não causaste. O automóvel tem de estar coberto por um seguro de responsabilidade civil, contratado pela própria empresa. Deves verificar todas as coberturas que este seguro oferece e passar palavra à empresa se descobrires irregularidades.

A lista de obrigações do consumidor parece longa e exaustiva, mas para evitar conflitos e muitos dissabores com o aluguer de carro, é melhor prevenir do que remediar!