Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Rembolso antecipado de Portugal com luz verde do Eurogrupo e da CE

Autor: Redação

Em linha com a Comissão Europeia, o Eurogrupo prepara-se para dar luz verde aos pagamentos antecipados de Portugal ao FMI. A decisão favorável será adotada na reunião da próxima segunda-feira.

Um alto dirigente do Eurogrupo, citado pela TSF, diz que que "está tudo bem" por isso "a decisão será favorável a Portugal". O Eurogrupo está pronto para dar o aval "político" aos pagamentos antecipados ao FMI, na reunião da próxima-segunda feira.

 Esta fonte ouvida pela TSF considera que as emissões recentes de dívida têm "um impacto positivo" do ponto de vista da «sustentabilidade da dívida», pelo que a antecipação do pagamento de 14 mil milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional "será autorizada".

O trabalho técnico será elaborado a partir da próxima semana. Por várias vezes esta fonte frisou que se trata de uma "decisão política". Tecnicamente ainda tem de ser trabalhada e debatida, embora tenha referido que o caminho já percorrido, em relação ao modelo seguido pela Irlanda para devolver o dinheiro ao Fundo Monetário internacional, será aproveitado, e Portugal seguirá os «mesmos princípios» que foram definidos para Dublin.