Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Governo da Madeira coloca à venda oito prédios por 2,5 milhões de euros

Autor: Redação

Com um valor base total de licitação de 2,5 milhões de euros, a Direção Regional do Património e de Gestão dos Serviços Partilhados da Madeira vai colocar à venda, em hasta pública, um conjunto de oito imóveis. Cinco dos prédios estão localizados no Funchal, dois em Porto Santo e um em Manchico. A decisão foi tomada esta quinta-feira pelo Governo regional, dentro do objetivo de chegar ao final do ano com um encaixe de 20 milhões de euros através da alienação de património imobiliário do Estado local.

“São prédios alguns que estão devolutos, outros que já não têm a rentabilidade que esperávamos e como a alienação de património está dentro do nosso plano de ação para aumentar receitas decidimos avança já com esta hasta pública”, declarou Pedro Calado, vice-presidente do Governo Regional, após a reunião de ontem do Conselho de Governo na Quinta Vigia, citado pela RTP Madeira.

O Excutivo presidido por Miguel Albuquerque, além da decisão de alienar património e de outras medidas, autorizou a expropriação por 41.515,63 euros de duas parcelas de terrenos, uma para a construção do reservatório da rede de combate a incêndios dos túneis da Calheta e Igreja e outro para a da construção da ER 101 entre a Calheta e os Prazeres (troço Estreito da Calheta/prazeres), segundo detalha, por outro lado, o Diário de Notícias da Madeira.