Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Terreno para hotel na Comporta à venda pela mão da Savills

Com uma área de cerca de 340.000 m² de solo, o loteamento está aprovado para o desenvolvimento de um projeto hoteleiro.

Savills
Savills
Autor: Redação

O terreno, para o qual está aprovado o projeto de desenvolvimento do Nature Park Resort, na Comporta, acaba de chegar ao mercado para venda, sem ser revelado o valor ou o vendedor. A comercialização do loteamento, localizado no Ninho do Outeiro, em Alcácer do Sal - a cerca de 100 km de Lisboa -, foi entregue à Savills, em regime de exclusividade.

Com uma área de cerca de 340.000 m² de solo, o terreno é composto por duas parcelas com loteamento aprovado para o desenvolvimento de um projeto hoteleiro conhecido por Nature Park Resort, com 66 unidades de alojamento que totalizarão 200 camas. O estudo de impacto ambiental já está também aprovado.

Segundo os dados avançados pela consultora imobiliária, em comunicado, este terreno encontra-se situado numa área privilegiada da Comporta, que usufrui de grande tranquilidade e ao mesmo tempo próxima das principais praias de referência da zona. 

O Nature Park Resort encontra-se localizado na freguesia da Comporta e são apenas 100 quilómetros que o separam de Lisboa (via A2). Através da IC1 / N253 é possível aceder ao terreno que está envolvido pela natureza, bem como pelas praias do Carvalhal e Pego. A sua vista contempla a combinação perfeita entre o oceano e a Serra da Arrábida.

“São locais como a Comporta que se destacam de forma positiva por todo o mundo, não só pela sua beleza natural, como também pela proximidade das principais artérias do país, nomeadamente da capital", refere Nuno Esteves do Departamento de Investimento da Savills Portugal, destacando que "este projeto, já aprovado, foi pensado e especialmente concebido para preencher requisitos como beleza, prazer e bem-estar, proporcionando o maior conforto possível numa área com uma paisagem singular, beneficiando de conceitos como natureza, privacidade e uma harmonia entre o edificado previsto com a sua envolvente aliado aos mais exigentes princípios de sustentabilidade”.