Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Património imobiliário de Amancio Ortega (dono da Zara) ultrapassa os 15 mil milhões de euros

Depois de fazer fortuna no setor do vestiário, empresário espanhol apontou agulhas para o setor imobiliário.

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O grupo Pontegadea, detido pelo empresário espanhol Amancio Ortega, fundador do grupo Inditex – detém, entre outras marcas, a Zara –, fez investimentos imobiliários em 2019 no valor de 2.065 milhões de euros. A sua carteira imobiliária estava avaliada, no final do ano passado, em mais de 15 mil milhões de euros, sendo que 61% do portefólio global está localizado na Europa.

Estes números colocam Amancio Ortega como o maior operador do mercado imobiliário espanhol, tendo ganho vantagem face aos seus mais diretos “adversários” europeus, escreve a Bloomberg

As principais operações realizadas no ano passado aconteceram nos EUA, com destaque para as aquisições dos complexos Troy Block e Arbor Blocks, em Seattle, e o 815 Connecticut Avenue, em Washington. No Reino Unido, Ortega finalizou a compra do The Post Building

Segundo a Bloomberg, que se apoia no seu o Índice de Multimilionários, Amancio Ortega, filho de um trabalhador dos caminhos de ferro, tem agora uma fortuna pessoal avaliada em 58,5 mil milhões de dólares (51,8 mil milhões de euros), com a maioria dos rendimentos a serem provenientes da participação maioritária na Inditex. Devido à pandemia da Covid-19, a sua fortuna caiu mais de um quinto este ano, tendo as ações da empresa recuado 22% este ano.

À parte do imobiliário, Ortega também investiu nas áreas de energia e de telecomunicações, comprando 5% da empresa Enagas no último ano. Em 2018, a Pontegadea comprou uma fatia de 9,99% da unidade de torres da Telefonica por 378,8 milhões de euros, escreve a publicação.