Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Igreja dos Inglesinhos convertida em habitação – foi comprada por 1,5 milhões

Igreja está inserida no condomínio de luxo Convento dos Inglesinhos, em Lisboa, e encontra-se agora nas mãos de um investidor francês.

Google Maps
Google Maps
Autor: Redação

A Igreja de São Pedro e São Paulo, que é conhecida como Igreja dos Inglesinhos – está inserida no condomínio de luxo Convento dos Inglesinhos, no Bairro Alto, em Lisboa –, foi comprada por um investidor francês que pretende reconvertê-la para fins residenciais e ficar com o imóvel para “seu património particular”. Em causa está um negócio avaliado em 1,5 milhões de euros.

Segundo o Jornal de Negócios, o imóvel tem uma área bruta de 330 metros quadrados (m2) e uma área útil de 294 m2 e tinha sido colocado no mercado com um preço de 1,8 milhões de euros. Antes, em 2009, a igreja esteve à venda por dois milhões em 2009.

Sem revelar a identidade do comprador, a publicação adianta que a operação foi mediada pela Remax Lumiar, tendo o Contrato de Promessa Compra e Venda (CPCV) sido assinado em dezembro de 2020. Já a escritura deverá ser realizada nos próximos três meses. Atualmente, a igreja está licenciada para serviços, mas o comprador pretende pedir autorização para uso residencial e adaptar o espaço, sendo que a a Câmara Municipal de Lisboa deverá acompanhar de perto o processo.

A história da igreja remonta ao século XVII, quando, em 1632, foi fundado o Seminário Inglês, mais tarde apelidado de Convento dos Inglesinhos. Foi então construída a Igreja de São Pedro e São Paulo, mais conhecida por Igreja dos Inglesinhos, tendo a sua construção sido concluída em 1644. Foi, no entanto, dessacralizada pela Igreja Católica em 1976.

Trata-se de um imóvel que já teve nas mãos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e da Amorim Imobiliária e que estava agora, desde 2017, na posse – o Convento dos Inglesinhos e a igreja – de uma sociedade imobiliária portuguesa.