Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Valeo Europa mantém investimento nas residências de estudantes no Porto em plena pandemia

Os estabelecimentos são geridos pela Liv Student e têm abertura prevista para 2021 e 2022. A segunda unidade está em início de construção.

Elisabete Soares
Elisabete Soares
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A Valeo Management Europa, do grupo norte-americano Valeo, tem em fase final de construção a primeira residência no Polo Universitário de Paranhos, com abertura prevista para o ano letivo de 2021/22. Fica na Rua Manuel Pacheco de Miranda, junto à faculdade de Economia da Universidade do Porto, e tem previstas 410 unidades de alojamento, distribuídas por dois prédios de 15 e 14 andares, respetivamente.

A segunda unidade começou a ser construída há poucas semanas e está localizada num terreno junto à Estrada da Circunvalação, no Amial, perto do Hospital de São João, e tem previstas 816 unidades de alojamento, com um total de 856 camas. A abertura está agendada para 2022.

Os dois empreendimentos têm a construção a cargo da Mota-Engil.

Miranda Oporto com Inauguração em 2021

No caso da residência localizada na Rua Manuel Pacheco de Miranda, de acordo com as informações recolhidas pelo idealista/news junto do Câmara Municipal do Porto - entidade responsável pelo licenciamento da obra -, para o primeiro prédio “a V Student Portugal S.A. apresentou uma comunicação prévia para a construção de um edifício de serviços constituído por quinze pisos, um deles abaixo da cota de soleira, destinado a residência de estudantes, com 259 unidades de alojamento”.

Já o segundo prédio é, com base na mesma fonte de informação, “constituído por 12 pisos, acima da cota de soleira, destinado a residência universitária perfazendo 160 unidades de alojamento”.

A residência gerida pela Liv Student, que no site do operador surge com a designação de Miranda Oporto, fica localizada ao lado de outra unidade com as mesmas características, a Livensa Living Porto Campus, e a poucos metros da Milestone, as duas unidades que se encontram em funcionamento desde 2019/20 e que marcaram o início do forte investimento previsto, neste segmento de mercado para o Porto, até 2022, e que tudo indica não abrandou apesar da pandemia.

As duas residências ficam na Rua do Dr. Manuel Pereira da Silva, a poucos metros das principais faculdades do Polo Universitário de Paranhos.

Liv Porto -The Street no Amial terá piscina e ‘roof terrace’

Sobre o novo projeto da residência da Liv Student, em início de construção na Estrada da Circunvalação com a Rua da Ribeira Grande, a informação do departamento de urbanismo da autarquia portuense destaca que, “de acordo com o constante na memória descritiva e justificativa, a obra consiste na construção de dois edifícios destinados a residência de estudantes”. Frisa, ainda, “os edifícios irão albergar 856 camas, distribuídas por 816 quartos (617 quartos individuais e 18 quartos duplos em apartamento, 142 estúdios individuais, 22 estúdios duplos, e 17 estúdios individuais adaptados a pessoas de mobilidade condicionada)”.

A nova unidade promovida pela Valeo Europa, que no site da Liv Student surge com o nome de Liv Porto – The Street, tem previsto também um conjunto de equipamentos mais abrangente em que se destaca uma piscina e um ‘roof terrace’, para além das já habituais, neste tipo de equipamentos, salas de estudo, biblioteca, zonas sociais, com espaços de jogos, música, cinema, ginásio, entre outros.

Residência Miranda Oporto com preços desde 445€ por pessoa

De acordo com o site de Liv Student, a residência Miranda Oporto já aceita reservas para 2021. Praticando um “conceito de apartamento individual ou coliving, oferece a possibilidade de escolha de apartamentos partilhados com quartos single ou ‘twin’, todos com casa de banho privativa, cozinha, wifi reforçado, zona de estudo e camas ‘queen size’”, pode ler-se.

Os preços por mês vão “desde 445 euros por pessoa no estúdio duplo”, a “desde 475 euros por pessoa, em quarto duplo, em apartamento duplo”, de acordo com a informação recolhida.

No caso dos quartos individuais em apartamentos partilhados, os valores por pessoa, são de “desde 590 euros por mês”, enquanto nos estúdios, com 17 m2, são a partir dos “585 euros por mês”.

Localizada “a curtas distâncias a pé de faculdades de referência na cidade do Porto, como é o caso da Faculdade de Engenharia FEUP e ISEP (15 min), Faculdade de economia FEP (6 min), Instituto de Investigação e Inovação (5 min), Faculdade de Medicina Dentária (3 min), Instituto de Medicina Molecular e Celular (3 min), entre outros de renome”, a novo residência da Liv Student está a cerca 250 m da estação de Metro do Polo Universitário, refere a apresentação da Miranda Oporto.

Operador investe 300 milhões em 10 residências

A cidade do Porto integrou a primeira fase de um programa de investimento de 300 milhões de euros que a Valeo Europa vai aplicar em 10 novas residências de estudantes. De acordo com a notícia o espanhol Cinco Días, em junho de 2019, as outras residências estão previstas para “Lisboa e várias na vizinha Espanha, como Madrid, Barcelona, Valencia, Sevilha e Bilbao”.

Segundo o mesmo jornal, “o investimento será realizado em parceria com o Bankinter, entidade bancária com a qual estabeleceu uma aliança o ano passado criando um fundo para clientes de banca privada, o qual deverá atrair 150 milhões de euros, aos quais se soma a alavancagem financeira”.