Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Queres renovar a cozinha? Este guia pode ajudar-te

Espaço, muito espaço
Zaask
Autor: Redação

A cozinha é uma das divisões mais utilizadas de qualquer casa – seja para preparar as melhores refeições do dia ou para partilhar momentos e histórias com as pessoas que mais gostamos. Quando chega a altura de remodelá-la é normal que se queira ter uma ideia dos custos e das tendências. 

Com a ajuda da Zaaskmarketplace online de serviços locais – apresentamos um guia que te pode ajudar nesta tarefa. Desde logo porque avança com uma projeção dos orçamentos médios para 2018 no que toca a serviços de remodelação de cozinhas. 

Baseando-se nos dados recolhidos na plataforma, foi feita uma previsão dos projetos mais comuns que os portugueses vão realizar nas suas cozinhas, bem como os orçamentos médios que estão a ser praticados pelos profissionais dessas áreas. Estas são as conclusões:

Portugueses renovam mais a casa de banho

Em relação à remodelação de divisões da casa (cozinha, casa de banho, sala e quarto), 41% da amostra escolheu renovar a cozinha através da plataforma. A divisão predileta é a casa de banho, com 51% dos pedidos. Em termos de orçamentos médios, o custo dado pelos profissionais para remodelar completamente a cozinha ronda os 3.700 euros.

Relativamente a remodelações mais específicas, foram comparados orçamentos de pavimentos, montagem de cozinhas, pintura e instalação de um novo exaustor.

Instalação de pavimentos flutuantes é tendência para 2018

No que toca às preferências de tipos de pavimentos, os portugueses têm uma posição bem marcada: 96% da procura está relacionada com instalação de pavimentos flutuantes. A segunda escolha mais comum é a instalação de pavimentos vinílico, com cerca de 4% da procura. Relativamente a custos, a instalação de pavimentos flutuantes ronda os 6 euros por metro quadrado (m2). Isto faz com que o custo para instalar pavimento flutuante numa cozinha com 15 m2 seja de 90 euros.

Algumas das explicações para esta escolha quase unânime poderá ter a ver com a facilidade de instalação, versatilidade do material, pouca necessidade de manutenção e durabilidade. Isto é, este tipo de pavimento tem um custo bastante baixo e pode ter padrões muito variados, sendo possível imitar tanto madeira como outros materiais como cerâmica ou pedra. Dependendo dos materiais, os pavimentos flutuantes podem durar quase tanto como um piso em cerâmica. 

Por seu turno, o custo para pintar uma cozinha ronda os 200 euros enquanto uma montagem de cozinha completa ronda os 610 euros. Já para a instalação de um novo exaustor, é expetável que o custo ande à volta dos 170 euros. 

Se precisares de alguma inspiração para novos projetos, apresentamos-te em baixo alguns modelos de cozinhas. Ora vê: