Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

“Out of office” (fora do escritório), sim ou não? O email também deve ir de férias

Alexas_Fotos en Pixabay
Alexas_Fotos en Pixabay
Autor: Redação

As férias chegaram (ou estão a chegar) para muitos portugueses. E alguns optam por definir uma mensagem de “out of office” (fora do escritório). Fazem bem? Especialistas consideram que desligar é crucial para a saúde e o bem-estar emocional, sendo que os trabalhadores quando desconectam do trabalho regressam mais focados e com maior capacidade de resposta, além de voltarem mais motivados e com mais vontade.

O problema é que, através de um “simples” smartphone, há quem não resista a espreitar os assuntos de trabalho ou mesmo quem não consiga definir uma mensagem automática de “out of office”, com receio de parecer “preguiçoso” ou de perder algum assunto importante se estiver ausente, escreve o ECO.

Na Seresco, “todos os colaboradores têm a possibilidade de ter acesso ao email através de aplicações móveis ou através de acessos remotos para dispositivos fixos, para quem não se encontra no escritório”, mas a empresa tenta “criar todas as condições para que não exista a preocupação da consulta de email”, acrescenta a publicação.

Para a Kapten, “as férias servem para desligar, recuperar forças e manter a motivação”. A empresa defende que, “com antecipação e organização”, é possível “reduzir as exceções a praticamente zero”. “Caso seja indispensável o contacto, tentamos que seja o mais informal possível para não perturbar o merecido descanso”, disse fonte da companhia.

Também na IT People Innovation está dado do mote: “Para trabalhar de forma saudável, é necessário descansar de igual forma. Por isso não é encorajado consultar o email durante as férias. Há, como é óbvio, exceções, apenas para situações urgentíssimas que poderão eventualmente surgir, nomeadamente com pessoas que ocupam cargos de gestão. Tipicamente, um bom planeamento e distribuição de tarefas pelas pessoas de substituição evitam totalmente estas situações”, referiu a empresa.

De acordo com o ECO, as mensagens de “out of office” podem até ser usadas como forma de mostrar sucesso profissional ou de dar a conhecer a empresa onde a pessoa trabalha.

Isso mesmo fizeram, por exemplo, alguns colaboradores da consultora tecnológica Noesis nas férias de Natal. Além de partilharem a mensagem de “boas festas” comum a toda a organização aproveitaram para deixar no “out of office” uma mensagem simpática alusiva à quadra e uma hiperligação para a página de Instagram da Noesis, mais concretamente para o post do vídeo no qual que vários colaboradores se juntaram para cantar uma música de Natal. 

“Com um email automático e todos os detalhes necessários, acabávamos por receber também uma mensagem capaz de refletir o bom ambiente que se vive nos nossos escritórios. Esta personalização resultou num ‘engagement’ com os recetores, visto que obtivemos várias respostas retribuindo os votos de Boas Festas”, explicou Rodolfo Bravo Pereira, diretor de marketing e comunicação da empresa.