Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Braga verá nascer o “Sense”: uma esfera espelhada que quer ensinar ciência à população

O edifício será construído junto ao Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL, sigla inglesa).

Imagem do projecto: INL via RUM
Imagem do projecto: INL via RUM
Autor: Redação

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL, sigla inglesa), sediado em Braga, pretende construir um edifício que “será um marco não só da cidade mas também do país”. A estrutura, semelhante a uma esfera espelhada, e batizada de “Sense”, deverá estar concluída até ao final de 2022. O objetivo é aproximar a ciência da população.

A nova estrutura servirá para divulgar a investigação científica do INL, segundo as declarações do diretor de comunicação deste laboratório, Jorge Fiens, ao programa Campus Verbal, da Rádio Universitária do Minho (RUM). “Para ser mais, o INL tem de ter outro tipo de projetos e um desses projetos é a criação do Sense, que já está projetado e que gostaríamos muito que pudesse estar pronto daqui a dois anos", disse em entrevista.

O responsável acredita que o projeto vai permitir “melhorar a ligação do INL à comunidade e a ligação das pessoas à ciência”. Sem adiantar valores de investimento, Jorge Fiens revela que este “será um edifício icónico pela forma que tem”. Servirá para “ensinar” ciência às pessoas, mas também para colmatar a falta de espaço do laboratório, que já quase atingiu a sua capacidade máxima – nele trabalham mais de 400 pessoas de 40 nacionalidades diferentes.