Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Custo de construir casas novas abrandou em 2019

Os preços dos materiais e da mão de obra registaram aumentos médios no ano passado de 0,6% e 4,5%.

Photo by Daniel McCullough on Unsplash
Photo by Daniel McCullough on Unsplash
Autor: Redação

Os custos de construção de habitação nova em Portugal registaram um aumento de médio de 2,1% em 2019, valor inferior em 0,2 pontos percentuais (p.p.) ao registado em 2018, segundo dado divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Os preços dos materiais e da mão de obra registaram aumentos médios no ano passado de 0,6% e 4,5%.

No último mês de 2019, os custos de construção nova subiram 2%, “taxa inferior em 0,3 p.p. à observada em novembro”, segundo o INE. No mês em análise, os preços dos materiais aumentaram 0,6% (0,4% no mês anterior) e o custo da mão de obra aumentou 3,9% em dezembro, menos 1,1 p.p. que em novembro.

Evolução dos custos de construção / INE
Evolução dos custos de construção / INE

Em cadeia, a taxa de variação mensal do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova (ICCHN) foi de -0,5% em dezembro. Já o custo dos materiais registou uma variação de 0,2% e o custo da mão de obra de -1,3%.

Produção na construção (também) desacelera para 2,7%

O crescimento da produção na construção também desacelerou no ano passado, de acordo com o gabinete de estatísticas. O índice subiu 2,7%, em termos homólogos, após ter aumentado 3,4% em 2018.

Quanto aos índices de emprego e de remunerações, passaram de uma subida média anual de 2,3% e 4,0%, respetivamente, em 2018, para 2,2% e 5,8% em 2019, enquanto a remuneração por pessoa ao serviço acelerou de 1,7% em 2018 para 3,5% no ano passado.

Considerando apenas o mês de dezembro de 2019, o Índice de Produção na Construção registou  puma subida homóloga de 1,7%, 0,2 p.p. abaixo dos 1,9% registados em novembro.