Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Edificado da Ordem da Trindade está a ser reabilitado – investimento de mais de 10 milhões

Projeto arquitetónico tem a assinatura da Architailors e construção foi adjudicada à Grow Engineering. Obras terminam em maio de 2021.

Ordem da Trindade
Ordem da Trindade
Autor: Redação

A Ordem da Trindade (OT), Instituição Privada de Solidariedade Social (IPSS), sem fins lucrativos, iniciou em fevereiro de 2020 a reabilitação das suas principais estruturas, localizadas no Porto, num projeto que visa reabilitar todo o seu conjunto edificado. O projeto arquitetónico tem a assinatura da Architailors e a construção foi adjudicada à Grow Engineering. 

Em causa está investimento total superior a 10 milhões que “está dividido em dois blocos: o da reabilitação foi estruturado a partir de uma linha IFRRU negociada com o BPI com uma maturidade de 20 anos (tratando-se de um dos maiores projetos IFRRU em Portugal e o maior da zona Norte do país) e o do equipamento parte de uma linha JESSICA com maturidade de seis anos”, refere a OT, em comunicado.

Destaque para a remodelação do Hospital da Trindade, que passará a ter “melhores condições estruturais e meios técnicos de vanguarda”, o que permitirá “aumentar a qualidade dos serviços prestados e a capacidade de resposta aos cidadãos”.

“A par do Hospital, será aumentada a capacidade da Unidade de Cuidados Continuados (a única inserida no concelho do Porto) em mais 30 camas, disponibilizando aos portuenses uma inovadora Unidade de Cuidados de Convalescença, voltada para a Estação do Metro da Trindade. Serão ainda recuperadas todas as coberturas e panos das fachadas sendo ainda feita uma intervenção impactante na reabilitação dos espaços exteriores, com uma preocupação acrescida nas questões de mobilidade e acessibilidade dos cidadãos”, lê-se no documento.

Ordem da Trindade
Ordem da Trindade

A OT adianta que as obras de reabilitação decorrerão até final de maio de 2021, sendo que, numa segunda fase, será a Igreja da Trindade que sofrerá obras de beneficiação e de consolidação estrutural. “E integrará, juntamente com um percurso museológico a definir e a construir, o futuro Museu da Igreja da Trindade”, acrescenta.

De referir que a OT, que celebra 265 anos em 2020, tem atualmente um património composto pela Igreja da Trindade, o Hospital da Trindade (que integra valências de Bloco Operatório, Internamento, Consulta Externa, Atendimento Programado, Hospital de Dia, Imagiologia e Laboratório de Análises), a Farmácia Comunitária, a Unidade de Cuidados Continuados (atualmente com capacidade para 45 doentes) e a ERPI (com capacidade para 21 utentes).