Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Veneza resiste à ‘acqua alta’ graças ao Mose - um sistema criado para travar inundações na cidade

A barreira foi utilizada pela primeira vez no sábado, dia 3 de outubro de 2020.

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A cidade italiana de Veneza ativou, pela primeira vez, o Mose, um sistema criado para prevenir inundações e defender os habitantes da temida ‘acqua alta’. A barragem é composta por 78 comportas, preparadas para travar ventos de até 40 km por hora e impedir a subida do nível da água do mar até três metros.

A Câmara Municipal de Veneza confirmou que o Mose entrou em funcionamento às 08h35 do passado sábado (3 de outubro de 2020) e completou o ciclo às 9h52 (como também se pode comprovar no vídeo do canal Il Dolomiti no YouTube). O sistema de contenção funcionou, assim, pela primeira vez, num exercício que se revelou bem-sucedido.

A Praça de São Marcos e outras áreas representativas da cidade permaneceram secas e sem incidentes. Na verdade, nesta Praça apareceu apenas uma pequena “poça” de água, apesar de estar localizada muito perto do mar. Se este sistema de comportas não tivesse sido ativado, poderiam ter ocorrido inundações que em muitas ocasiões já chegaram a atingir os joelhos de cidadãos e turistas.

O Mose é, de resto, um projeto bilionário, avaliado em 7.000 milhões de euros. Começou a ser construído em 2003 e deveria ter ficado pronto em 2016, segundo o El País.