Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Nova sede da PJ tem heliporto e custou 87 milhões (vídeo)

Autor: Redação

Foi inaugurada esta terça-feira (dia 11) a nova sede da Polícia Judiciária (PJ), em Lisboa, que custou 87 milhões de euros. Os responsáveis garantem que o antigo edifício, construído há mais de 50 anos, tinha fortes limitações técnicas e operacionais e asseguram que o novo espaço tem bastante potencial, podendo rivalizar ou até bater o que de melhor existe a nível mundial para responder aos desafios da investigação criminal.

Segundo a TSF, a nova sede da PJ vai reunir 1.500 funcionários e juntar todas as unidades de investigação que estão dispersas pela capital. Só o laboratório de polícia científica vai ocupar mais de 4 pisos e ter oito vezes mais espaço que o atual.

A titulo de curiosidade, importa referir que a maioria dos vidros são à prova de bala e que o edifício é altamente resistente a sismos ou a ataques terroristas. O edifício dispõe ainda de um heliporto – é o único em Lisboa –, que pode receber helicópteros pesados das Forças Armadas.

Segundo Almeida Rodrigues, diretor nacional da PJ, oito meses de investigação em crimes de fraude, corrupção e criminalidade conexa resultaram em ganhos “suficientes para recuperar os custos de construção” da nova sede. 

Paula Teixeira da Cruz, ministra da Justiça, revelou que a obra foi concluída antes do prazo estipulado e que foi cumprida dentro dos limites orçamentais. “O orçamento contratualizado de cerca de 105,5 milhões de euros foi por nós renegociado para cerca de 87 milhões euros, resultando numa poupança para o Estado de quase 18 milhões de euros”, adiantou.