Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Renda do Teatro Camões não é paga desde 2012 (dívida é de 8,5 milhões)

Wikimedia commons
Wikimedia commons
Autor: Redação

A renda do Teatro Camões, de cerca de 180.000 euros mensais, não é paga desde 2012. Feitas as contas, o valor em incumprimento ronda os 8,5 milhões de euros. O equipamento cultural, que está sob gestão da Companhia Nacional de Bailado, à qual não compete pagar o arrendamento, foi construído entre 1997 e 1998, no âmbito da Expo 98.

Segundo o Correio da Manhã, o Teatro Camões é propriedade do Estado, estando sob a esfera da Parpública (Sociedade Gestora de Participações Sociais de capitais exclusivamente públicos), pelo que o pagamento da renda compete ao Ministério da Cultura (MC), “sempre sob a chancela do Ministério das Finanças”, referiu Horácio César, adjunto do detentor da pasta, João Soares.  

“O ministério reconhece a dívida, mas a atribuição ao MC do pagamento das rendas do Teatro Camões foi feita sem a correspondente dotação financeira”, disse o responsável, acrescentando que João Soares procura “solução financeira e orçamental para o problema”. “Na verdade é o Estado a dever ao Estado”, frisou.