Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Entra na mansão de luxo que Ronaldo quer vender em Madrid

Autor: Redação

Cristiano Ronaldo mudou-se de armas e bagagens para Turim, para jogar pela Juventus. E agora, o craque português pretende vender, entre outras coisas, a maravilhosa mansão que, em 2010, comprou no prestigiado bairro de La Finca, em Madrid. Na altura, CR7 pagou perto de cinco milhões de euros para ficar com a casa onde começou por viver durante um ano com contrato de arrendamento de 144 mil euros.

A moradia de luxo onde Ronaldo viveu na capital espanhola, nos últimos oito anos, foi desenhada por Joaquín Torres, conhecido em Espanha como o arquiteto dos famosos. Tem 36 divisões, entre as quais cinco quartos "suite" de 70 metros quadrados (m2), com duas casas de banho e jacuzzi, além dos vestidores e uma espetacular sala a duas alturas, num total de 950 m2.

O desenho da casa tem um certo estilo futurista, com uma estrutura de forma trapézio e construído num único andar. A decoração interior quando Ronaldo ali vivia era de estilo minimalista, contando com um pátio interior de estilo japonês para uma maior sensação de amplitude e luminosidade. Maria Porto, galerista de arte, foi responsável pela decoração.

A propriedade de 4.500 m2 conta ainda com um maravilhoso jardim e uma grande piscina, entre outras comodidades de luxo como ginásio, sauna ou uma garagem com seis lugares de estacionamento, onde estavam Ronaldo guardava alguns dos seus carros desportivos.

Dívida ao fisco motiva venda da casa

As casas semelhantes ao estilo Cristiano Ronaldo, que agora estão à venda em La Finca – (como este exemplar anunciado no idealista) - estão avaliadas entre os 5,5 e 7,5 milhões de euros. Localizada a 10 minutos de carro do centro de Madrid, esta urbanização de luxo tem sido escolhida por muitas estrelas do futebol para viver, como Mourinho, Zidane, Iker Casillas ou Ramos.

Entre esta mansão e os carros de luxo que Ronaldo quer vender para liquidar a dívida que tem o jogador português tem com o Fisco espanhol, o património de Ronaldo está avaliado em cerca de 22 milhões de euros. É também proprietário de vários imóveis em Portugal, nomeadamente de um apartamento em Lisboa e de uma casa na Madeira. Em Nova Iorque tem um apartamento na Trump Tower.

Segundo avança a rádio espanhola Cadena Cope, o internacional português pagou, na passada semana, 13,5 milhões de euros ao Fisco espanhol, pelo que lhe resta ‘apenas’ fazer face aos restantes 5,3 milhões a que foi condenado a pagar.

O avançado de 33 anos, recorde-se, assinou, no passado mês de junho, um acordo com o Fisco espanhol. Nesse acordo, além de se comprometer a pagar uma coisa de 18,8 milhões de euros, ficou com uma pena de prisão suspensa de dois anos, ou seja, seis meses por cada um dos quatro crimes.