Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IMI: um em cada quatro proprietários paga menos de 100 euros

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A fatura do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a pagar este ano já chegou à casa dos portugueses. Este ano, o Fisco emitiu 3.890.587 notas de cobrança, sendo que a maioria (58%) corresponde a valores entre os 100 e os 500 euros. Ainda assim há 24% de proprietários a pagar menos de 100 euros de IMI.

Pela primeira vez, e segundo as novas regras, os proprietários poderão pagar o imposto de uma só vez, em maio, mesmo que o valor exceda os 100 euros da primeira prestação - até agora, era obrigatório fazer o pagamento em prestações a partir desse patamar. Na prática, o valor da primeira prestação baixou de 250 para 100 euros e a data de pagamento passou de abril para maio.

O Fisco emitiu este ano 960.561 notas de cobrança com valor inferior a 100 euros, num universo de 3.890.587 liquidações emitidas, de acordo com dados do Ministério das Finanças. A maioria das notas de cobrança, cerca de 2.260.885, refere-se a valores de IMI entre os 100 e os 500 euros, sendo que as restantes 669.141 foram dirigidas aos proprietários com valores de IMI que superam os 500 euros.

Apesar das mudanças e novas datas-limite introduzidas, os contribuintes com notas de liquidação superiores a 100 euros podem continuar a fazer o pagamento em prestações. Entre 100 e 500 euros o pagamento deverá acontecer em duas prestações, em maio e novembro; para montantes superiores a 500 euros o pagamento realiza-se em três prestações, nos meses de maio, agosto e novembro.