Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis)

O IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) é um imposto municipal que incide sobre o valor patrimonial tributário dos prédios (rústicos, urbanos ou mistos) situados em Portugal. Entrou em vigor em 2003 e sofreu alterações em 2017 com a criação do imposto adicional ao IMI.

OE2022 prevê dificuldades no acesso à isenção de IMI

A proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) promete fazer correr muita tinta, estando previstas algumas medidas fiscais que terão impacto no setor imobiliário, nomeadamente no que diz respeito ao pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Entre outras coisas, o documento estipula que a isenção de IMI passe a ser calculada com base no rendimento bruto das famílias, em vez ser tido em conta o rendimento coletável, já depois de aplicadas as deduções específicas em IRS. 

Notícia sobre:

AIMI: prazo para proprietários pagarem imposto termina hoje

Os particulares e empresas proprietários de imóveis urbanos habitacionais e de terrenos para construção abrangidos pelo Adicional ao Imposto Municipal sobre Imóveis (AIMI) têm até hoje, 30 de setembro de 2021, para pagar este imposto. O AIMI é calculado pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) com base no valor patrimonial tributário (VPT) dos prédios que constem das matrizes a 1 de janeiro do ano a que o imposto diz respeito.

Notícia sobre:

Quanto vale a casa de luxo de Ronaldo em Lisboa para o Fisco?

680.720 euros. É este o Valor Patrimonial Tributário (VPT) que o Fisco atribuiu ao apartamento de luxo de Cristiano Ronaldo em Lisboa, no Castilho 203. Ao dar este valor ao imóvel, para efeitos de pagamento de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), a AT - Autoridade Tributária e Aduaneira atribuiu à mansão um valor que corresponde a menos de 10% dos mais de 7,59 milhões de euros que Ronaldo pagou pela compra da casa, localizada no último andar do edifício.

Notícia sobre: