Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas à venda ou para arrendar em Portugal: só 17,8% têm ar condicionado

É em Faro que há mais casas disponíveis para venda e arrendamento no mercado com A/C (36,9%). Bem mais que em Lisboa (21,2%) e Porto (15,7%).

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O verão e as altas temperaturas chegaram em força ao país, mas são poucas as casas à venda ou para arrendar em Portugal que têm sistema de Ar Condicionado (A/C) – apenas 17,8%. Em causa está um estudo realizado pelo idealista, o marketplace imobiliário de Portugal, que analisou mais de 300 mil casas anunciadas na sua base de dados a 14 de julho de 2020.

  % de habitação com A/C % de habitação para venda com A/C % de habitação para arrendar com A/C
Portugal 17.8% 17.7% 19.7%

É em Faro que há mais casas disponíveis para venda e arrendamento no mercado com A/C (36,9%). Seguem-se na lista, por esta ordem, Viseu (30,6%), Braga (25,8%), Lisboa (21,2%) e Coimbra (20,8%). De referir que no Porto só 15,7% dos imóveis anunciados têm A/C, menos que a média nacional (17,8%).

Em sentido contrário encontra-se Bragança, que é a cidade portuguesa com menos casas anunciadas para venda e arrendamento equipadas com A/C (4,4%). Guarda e Vila Real (4,8% e 5,2%, respetivamente) completam o top três da cauda da tabela. 

Por regiões, é no Algarve onde existe uma maior percentagem de casas climatizadas através de A/C anunciadas para venda e arrendamento (37,3%). Seguem-se Lisboa (18,6%), Alentejo (15,9%), Norte (12,9%), Centro (10%) e Madeira (6,7%). Na cauda da tabela encontram-se os Açores (4,2%).  

Diferenças entre venda e arrendamento

No parque habitacional português, a diferença entre as casas equipadas com A/C à venda e para arrendar é significativa, ganhando vantagem o arrendamento: 19,7% contra 17,7%. 

Por cidades, 22,1% das casas para arrendar em Lisboa dispõem de A/C, mais que para comprar: 20,9%. O mesmo acontece em Évora (arrendamento 23,5% e venda 9%), Santarém (arrendamento 21,1% e venda 7,6%), Leiria (arrendamento 14,5% e venda 6,6%) e Faro (arrendamento 40,7% e venda: 36,8%).

Por outro lado, 21,8% das casas que se vendem em Coimbra dispõem de A/C enquanto para arrendar apenas 11,1% contam com esse extra. Em Braga a situação é idêntica, existem mais casas à venda com A/C (26,5%) que para arrendar (16%). 

De referir ainda que em Beja, Bragança, Guarda, Portalegre e Vila Real não há qualquer casa anunciada para arrendar que tenha A/C. 

Cidades % de habitação com A/C % de habitação para venda com A/C % de habitação para arrendar com A/C
Faro 36.9% 36.8% 40.7%
Viseu 30.6% 30.6% 32.4%
Braga 25.8% 26.5% 16.0%
Lisboa 21.2% 20.9% 22.1%
Coimbra 20.8% 21.8% 11.1%
Aveiro 17.3% 17.6% 13.6%
Porto 15.7% 15.3% 18.6%
Castelo Branco 15.5% 15.3% 18.6%
Beja 14.6% 14.7% 0.0%
Setúbal 13.8% 13.7% 16.1%
Viana do Castelo 11.4% 11.4% 13.5%
Portalegre 10.1% 10.1% 0.0%
Ponta Delgada 10.0% 9.9% 13.6%
Évora 9.7% 9.0% 23.5%
Funchal 9.0% 8.7% 11.9%
Santarém 7.8% 7.6% 21.1%
Leiria 7.0% 6.6% 14.5%
Vila Real 5.2% 5.5% 0.0%
Guarda 4.8% 4.9% 0.0%
Bragança 4.4% 4.6% 0.0%