Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas de madeira autossuficientes a partir de 40.000 euros para desfrutar da vida no campo

Modelos são produzidos pela empresa chilena ZeroCabin.

Matías Riveros/ZeroCabin
Matías Riveros/ZeroCabin
Autor: @davidmarrero

Se estás realmente atento à preservação do meio ambiente e gostas de viver no campo, aqui está a solução perfeita para fugir da cidade e construires a tua própria casa sustentável, autossuficiente e com impacto zero na zona envolvente durante a sua construção. A empresa chilena ZeroCabin oferece modelos de cabanas eficientes que são erguidas no local sem gruas em cerca de dois meses. Os modelos começam, de acordo com os tamanhos, a partir de 50.000 dólares, cerca de 41.000 euros, às taxas de câmbios atuais.

Estas casas usam várias tecnologias sustentáveis ​​para tornar a casa autossuficiente. Desde a aplicação do sistema Tohá para tratar águas residuais, à energia solar térmica para aquecer a água do chuveiro. Uma boa orientação e isolamento biodegradável para manter a boa temperatura da casa, acompanhada por um fogão 3 em 1 da Becker, que cozinha, assa e aquece a casa. Também coletam a água da chuva com um sistema de filtragem e saneamento para torná-la potável. No caso da luz, foram colocados painéis fotovoltaicos.

A equipa ZeroCabin oferece a construção da casa totalmente equipada, mas também kits por peças caso alguém se atreva a construir a sua própria casa. A cabana é erguida sobre palafitas de madeira com cerca de dois metros de altura para evitar a humidade do solo, evitar a entrada de roedores e ter uma bela vista no meio do campo. Além de ser desconectado da rede elétrica, o bom isolamento permite o uso mínimo de sistemas de aquecimento e arrefecimento.

Os modelos mais básicos apresentam duas alturas que somam cerca de 40 metros quadrados (m2). O nível inferior oferece uma área para cozinhar, comer e relaxar, além de uma casa de banho. No andar superior fica a área de dormir, um armário e um chuveiro.