Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

'Wellness real estate': chegam ao mercado as casas saudáveis que cuidam de ti

São projetos que visam reduzir a exposição a substâncias tóxicas, melhorar o sono, reduzir o stress e promover práticas saudáveis ​​e ambientalmente conscientes.

Casa de Mareas
Casa de Mareas
Autor: Lucía Martín (colaborador do idealista news)

O mundo imobiliário é cada vez mais sustentável, seja pelos materiais utilizados como pelos designs, móveis e decoração. E agora a nova tendência são as casas mais saudáveis e que cuidam de quem as ocupa. É o caso da Casa de Mareas, um projeto que visa reduzir a exposição a substâncias tóxicas, melhorar o sono, reduzir o stress e promover práticas saudáveis ​​e ambientalmente conscientes.

Trata-se de um casarão do século XVI situado em Escalante, uma pequena localidade cantábrica de origem medieval nas margens dos sapais de Santoña, zona classificada como Parque Natural, em Espanha. 

E o que tem este alojamento local que não tenham outros?

É a primeira casa do país vizinho que conta com tecnologia LIFI TruLifi na área de 'coworking'. Em vez de sinais de rádio (como Bluetooth, Wifi, 4G / 5G…), usa ondas de luz e oferece tecnologia de transmissão e recepção de dados sem fio. É mais rápido, seguro e saudável porque reduz a exposição à radiação eletromagnética. A área partilhada de trabalho, com luz natural, também possui móveis ergonómicos e o certificado WELL da firma Actiu.

Além disso, tem em curso uma colaboração com uma equipa espanhola especializada em I + D + i no desenvolvimento de medidas de minimização do consumo de energia com base em estudos de electromagnetismo e grafeno ”, comentam desde a empresa. Além disso, as tintas usadas na casa são ecológicas naturais fotocatalíticas à base de silicatos, que permitem a respiração das paredes de pedra e ajudam a prevenir a humidade (três latas de 15 litros desta tinta absorvem mais de 10Kg de CO2). 

Além disso, usam filtros para tratamento de água evitando cal, cloro e minerais pesados, incorporando ionizadores que permitem regular o pH, combatendo a oxidação, hidratando e alcalinizando o corpo, e os produtos usados ​​na limpeza da casa são naturais e ecológicos.

Como se pode usufruir desta casa saudável?

“A casa é arrendada durante todo o ano. Nos meses de julho e agosto, a modalidade de locação é a casa completa, com as 7 suítes. No resto do ano pode alugar com 4 ou 7 quartos, sempre incluindo o 'coworking' com 8 lugares. Nos meses de julho e agosto a estadia mínima é de uma semana, mas a partir de setembro abrimos a possibilidade de reservas nos finais de semana, feriados prolongados e feriados ”, explica Silvia Hengstenberg Girón.

E qual é o target a que se dirige? “O nosso público é multigeracional. No verão, mais famílias e fora de temporada, grupos de amigos que vêm para teletrabalhar e surfar, startups que querem fazer um retiro de criatividade, famílias e grupos de amigos que podem trabalhar e estudar realocados e também fora da temporada de escapadas de fim de semana de verão pontes, etc. São pessoas que apreciam arquitetura, design, bem estar e conforto... Para nós os detalhes são muito importantes, desde os têxteis 100% algodão egípcio, porque não é a mesma coisa se embrulhar numa toalha grande na hora de sair do duche., dormir numa cama com os melhores padrões de hotelaria, ou poder regular o pH da água graças aos ionizadores nas duas cozinhas, bem como comer produtos sazonais da nossa pequena horta biológica ... ”, detalha.

O que é afinal o bem-estar imobiliário?

Patxi Eguiluz foi a arquiteta do projeto. Na reabilitação, todos os materiais originais foram mantidos e as últimas tendências em design foram incorporadas de acordo com a NeuroArquitetura.

O chamado "bem-estar imobiliário" (da expressão em inglês Wellness real estate), referido pela Casa de Mareas, é um conceito que nasceu em 2014 e refere-se a construções que, aliando tecnologia e design, procuram ter um impacto positivo na saúde e bem-estar dos ocupantes.