Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O agente imobiliário mais velho do mundo tem 99 anos e ainda vende casas

Autor: Redação

Stewart Wade acorda todos os dias às 05h30. Pelo menos três vezes por semana nada durante uma hora no oceano pacífico antes de tomar o pequeno almoço e dirigir-se ao seu escritório em Honolulu, cidade do estado norte-americano do Havaí. Aí coloca anúncios na internet, atende telefonemas e, se surgir algum cliente, mostra-lhe as casas que tem em carteira. Uma jornada esgotante para qualquer pessoa menos para Wade, que com 99 anos afirma ser agente imobiliário mais velho do mundo ainda e atividade.

A sua vitalidade faz com que seja um dos melhores vendedores da mediadora Coldwell Banker nos EUA: Foi eleito “agente imobiliário do anoduas vezes, em 1982 e 1991, e faturou durante mais de 30 anos pelo menos um milhão de dólares (719 mil euros) anuais e de forma consecutiva para a empresa. 

Apesar de tudo isto, Wade “entrou” tarde no setor imobiliário. Antes mostrar qualidades no ramo, foi auxiliar farmacêutico e jardineiro, profissões com as quais não se identificou. Mudou-se para o Havaí e aí vendeu a primeira casa. Tinha 45 anos. Desde então foi sempre a subir na carreira. 

Ganhei mais dinheiro com 80 anos do que até então”, brinca, reconhecendo que a “saúde e a família são muito mais importantes que o dinheiro”. Segundo Wade, o caminho rumo ao sucesso passa por “estabelecer e alcançar pequenas metas e não um grande objetivo que pode nunca ser atingido, o que acaba por ser frustrante”.  

Com uma idade de fazer inveja, Wade não abdica de ir pelo menos 20 horas por semana ao escritório. “Já pensei muitas vezes em desistir e reformar-me, mas gosto tanto do meu trabalho que não o consigo fazer”, comenta.