Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mónaco vai crescer sobre o mar, para construir um bairro de luxo

Autor: Redação

O Mónaco, que nos últimos 150 anos conquistou 40 hectares ao mar, está agora em vias de ganhar outros seis. Em causa está o projeto de construção do bairro de Le Portier, no valor de dois mil milhões de euros, que visa acolher o cada vez maior número de residentes no principado. Por ano chegam 600 novas pessoas para viver ali.

O projeto, apoiado pelo Governo do Mónaco, será no entanto financiado totalmente por construtores privados, que esperam recuperar o investimento através da venda de 60 mil metros quadrados em imóveis de luxo. Um dos arquitetos envolvidos é Renzo Piano, sendo responsável pelo edifício à entrada da nova marina.

E como é possível construir no mar?

As obras deverão arrancar até ao final de 2016 e estar concluídas até 2020. A primeira fase, tal como conta o Euronews, consiste em deslocar as espécies marinhas protegidas para reservas naturais, sendo que a área de construção será isolada por uma barreira protetora, para minimizar o impacto da empreitada no ecossistema.

O leito rochoso, indica ainda, será limpo para acolher os taludes onde repousam blocos de betão armado que contêm a extensão. O paredão será estruturado de forma a reocupar o local com vida marinha. No interior do muro de proteção, será colocada areia para sustentar a península artificial. Concluída essa etapa, poderá começar o processo de urbanização do bairro, onde o mar vai garantir 40% das necessidades energéticas.

“Não há muitos países no mundo que possam alargar o seu território sem provocar uma guerra. O Mónaco necessita de uma nova extensão porque está limitado a uma área de dois quilómetros quadrados. As construções subterrâneas e em altura não são suficientes para dar uma resposta à necessidade de alojamento das pessoas que vêm instalar-se aqui”, declara Michel Roger, ministro de Estado do Mónaco.