Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O império imobiliário de Donald Trump numa imagem

Autor: Redação

O império imobiliário de Donald Trump parece não ter fim. Das Filipinas ao Havaí, passando por Índia, Turquia ou Irlanda, a carteira de 61 propriedades do recém-eleito presidente dos EUA abarca praticamente todo o mundo. Depois de herdar o negócio familiar de construção nos anos 70, Trump conseguir amealhar uma fortuna que ronda os 3,7 mil milhões de dólares, sendo um dos homens mais ricos do planeta, segundo a Forbes.

A partir do seu quartel general na Trump Tower de Nova Iorque dirige hotéis, casinos, herdades, campos de golfe e outras propriedades imobiliárias. Agora muda de sede, para a Casa Branca, para “comandar os destinos dos EUA”.

O portefólio da Trump Organization abrange todos os EUA, desde Nova Iorque a Los Angeles, e inclui investimentos na América Latina, na Índia, na Turquia ou no Canadá, englobando todo o tipo de ativos: arranha-céus, casas, edifícios de escritórios, hotéis, casinos, centros comerciais etc.

O seu império imobiliário inclui, por exemplo, o The Trump Building, junto à Trump Tower, um edifício emblemático de estilo Art Deco com 86 anos, uma penthouse na Trump Tower, uma mansão em Berverly Hills e várias casas na Florida. Detém ainda 18 campos de golfe em todo o mundo, sobretudo na Califórnia (EUA), na Irlanda e na Escócia.

Estas são as 10 propriedades mais icónicas de Donald Trump: