Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Comprar uma ilha na Escócia pelo valor de um apartamento nas Amoreiras

DGWGO
DGWGO
Autor: Redação

Com os preços em alta, facilmente um apartamento na capital portuguesa está à venda acima de meio milhão de euros. E se, por exemplo, quiseres comprar uma casa nas Amoreiras, em pleno centro de Lisboa, poderás ter que desembolsar à volta de 1,5 milhões de euros. Bem mais barato é comprar uma ilha no sudoeste da Escócia. A Litle Ross Island está no mercado por pouco mais de 325.000 libras, o equivalente a 369.000 euros.

Segundo o blog DGWGO, quem comprar a ilha - com uma área de 12 hectares de terra, rodeados por mar - terá direito a uma casa já construída com seis quartos e com um pátio, bem como a três celeiros em ruínas. O investidor também não terá de se preocupar com a energia elétrica, uma vez que é gerada por fontes renováveis, a partir de painéis solares e turbinas de vento. 

Mas atenção, se estiveres a pensar em comprar esta ilha, não te esqueças de que também vais precisar de um helicóptero ou de um barco para chegar lá.

O que explica o baixo preço da ilha?

Fora do pacote de venda está também há um farol do século XIX, que opera sem a intervenção humana. A verdade é que este farol está associado ao passado negro de Little Ross. E talvez ao seu baixo preço. Em 1960, algo sinistro aconteceu ali.

Hugh Clark, o responsável pelo farol, foi assassinado pelo seu colega, Robert Dickson. O cadáver foi descoberto por dois visitantes que viajaram para a ilha em lazer. O autor do homicídio foi condenado com uma pena de morte, mas a sentença acabou por ser alterada para prisão perpétua.

Este acontecimento protagonizou as manchetes de diversos jornais britânicos e de todo o mundo. E tem assombrado a ilha agora à venda.