Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arquiteto indiano Balkrishna Doshi vence prémio Pritzker 2018

VSF
VSF
Autor: Redação

O arquiteto indiano Balkrishna Doshi, autor de mais de uma centena de projetos em 70 anos de carreira, foi distinguido com o Prémio Pritzker 2018. Doshi foi escolhido por saber "interpretar a arquitetura e transformá-la em construções que respeitam a cultura oriental, melhorando a qualidade de vida na Índia".

Arquiteto, urbanista e professor. Doshi nasceu em Pune, na Índia, em 1927, e foi distinguido igualmente pela sua "excecional arquitetura", pelo "compromisso e dedicação ao país de origem e comunidades", pela "influência como professor" e por ser um "excelente exemplo para profissionais e estudantes de todo o mundo”, escreve a Lusa.

Estudante e colaborador dos arquitetos Le Corbusier e Louis Kahn, o galardoado tem uma prática da arquitetura considerada poética pelos seus pares, e baseada em influências das culturas orientais, que resultou numa obra que "tocou vidas de todas as classes sócio económicas de um amplo espetro de programas desde a década de 1950 ", escreveu o júri.

De recordar que o Pritzker, visto como o Nobel no campo da arquitetura, é atribuído desde 1979. Já distinguiu os arquitetos portugueses Álvaro Siza (1992) e Eduardo Souto Moura (2011).