Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Uma oferta de trabalho única: até 180.000 euros para gerir um palácio no Médio Oriente

The Grand Mosque, em Abu Dhabi (imagem meramente ilustrativa) / Gtres
The Grand Mosque, em Abu Dhabi (imagem meramente ilustrativa) / Gtres
Autor: Redação

As ofertas de trabalho relacionadas com o mundo “premium” estão na ordem do dia. Desta vez, a vaga está no Médio Oriente. Uma família árabe está à procura de alguém para gerir o seu palácio, e oferece entre 120.000 e 180.000 euros anuais aos candidatos – ou seja, 15.000 euros por mês. O salário é gratificante, mas os requisitos são muitos. Os chefes ultrarricos são pessoas de negócios que viajam em trabalho e lazer durante vários meses do ano, e necessitam de alguém de confiança para gerir o grande edifício.

O portal de emprego Silver Swan Recruitment, especializado na oferta de oportunidades de trabalho ligadas a famílias mais ricas, como assistentes pessoais, chefs particulares, administradores de quintas ou babysitters, está a divulgar esta vaga de emprego no Dubai.

Quem quiser enviar o seu currículo para esta tentadora oferta deve saber que o trabalho de gestão do palácio é muito exigente: é preciso ter amplos conhecimentos em finanças, garantir uma boa comunicação com os proprietários e trabalhadores em geral, e ter total flexibilidade laboral. Valoriza-se quem tenha experiência prévia em gestão de casas de luxo ou de “hospitality”.

O casal oferece entre 100.000 e 150.000 libras ao ano, livres de impostos, ou seja, entre 120.000 e  180.000 euros. O candidato poderá ficar a viver nas dependencias do palácio, com comida incluída.

O anúncio não revela a identidade do palácio ou imagens do mesmo, pelo que decidimos reunir algumas imagens dos Emirados Árabes Unidos, para que te possas “perder” nos encantos deste país. Ora vê:

Etiquetas
DubaiEmprego