Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Esta ilha privada no coração das Caraíbas procura novo dono: custa 63 milhões

É famosa pela sua biodiversidade e tem um ecossistema único. Longas praias de areia branca e águas cristalinas.

Engel & Völkers Belize
Engel & Völkers Belize
Autor: Redação

Máxima privacidade em pleno paraíso. Esta é a carta de apresentação de uma ilha das Caraíbas que está à venda por 75 milhões de dólares, cerca de 63,5 milhões de euros. Batizada de 'Long Caye' e localizada no sul do Belize, a ilha possui cerca de 16 hectares e situa-se a cerca de 19 quilómetros (12 milhas) da costa da Península de Placencia. É famosa pela sua biodiversidade e tem um ecossistema único, onde as longas praias e o estilo caribenho se misturam com a cultura milenar maia.

Este local solitário e selvagem está a ser comercializado pela Engel & Völkers, e inclui seis pequenas cabanas com vistas espetaculares do dar das Caraíbas. De acordo com a imobiliária, a ilha tem água e eletricidade próprias, bem como amarrações para barcos. Embora seja um lugar perfeito para um retiro privado, com suas praias de areia branca, águas cristalinas e magníficos recifes de coral (Belize tem o segundo maior recife do planeta) para desportos aquáticos e pesca, a sua localização e ligações com o continente também permitem que a ilha seja utilizada para o desenvolvimento de um projeto turístico paradisíaco.

A imobiliária garante que a pandemia do novo coronavírus impulsionou a procura por locais únicos e isolados dentro do segmento 'premium'. Neste artigo do idealista/news poderás descobrir outros paraísos de luxo à venda.