Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Uma incrível cabana de madeira para estar isolado do mundo

Com apenas 15 m2, a principal função é a de hospedar convidados. Mas também pode ser usada para teletrabalhar ou como um espaço de meditação.

Na Finlândia
Exterior / Marc Goodwin|Ortraum Architects|Arcmospheres
Autor: Vicent Selva (colaborador do idealista news)

O Lago Saimaa é o maior lago da Finlândia e o quarto maior lago natural de água doce da Europa. É precisamente aqui, neste cenário fantástico, que encontramos Kynttilä, um projeto desenvolvido pela Ortraum Architects. Uma cabana de madeira de apenas 15 m2 localizada perto da fronteira com a Rússia e perto da cidade de Savonlinna, cuja principal função é a de hospedar convidados. Ainda assim, também pode ser usada como um espaço de meditação ou casa de verão.

À primeira vista, destaca-se pela sua forma peculiar, com uma cobertura de duas águas e uma extremidade em vidro que permite desfrutar das maravilhosas vistas sobre o lago. Na verdade, o nome deriva da sua aparência, já que o termo finlandês Kynttilä se traduz como “vela”.

O material utilizado é outro dos elementos que se destacam. É feita de madeira laminada cruzada (CLT) e revestida com placas de lariço no exterior – o CLT fica exposto em ambientes internos e também em móveis embutidos, como a cama, que fica numa extremidade envidraçada. Uma escada permite ainda aceder a um beliche em cima da porta. “O material CLT permanece visível no interior e um grande vidro sem costura oferece uma forte conexão entre o quarto e o exterior”, afirmam desde o estúdio de arquitetura.

Ambas as extremidades da cabine têm beirais salientes para fornecer uma plataforma elevada e protegida para sentar e relaxar ou guardar as botas do lado de fora. Esta secção também protege uma pilha de lenha armazenada sob a estrutura.

Kynttilä está localizada numa floresta virgem, daí que os arquitetos tenham planeado o processo de construção para ter o menor impacto possível. As peças CLT foram pré-fabricadas fora do local e uma estrada temporária foi construída por um dia apenas para trazer as peças grandes num camião e colocá-las junto com a grande estrutura de vidro.