Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cinema e arquitetura: sete edifícios que ficam na memória graças aos filmes

Autor: Lucía Martín (colaborador do idealista news)

Vários são os fatores, além da trama e dos atores principais, que fazem um filme ficar na nossa memória: pode ser desde o momento vital em que o vimos, a banda sonora, a fotografia, ou o ambiente e local onde foi filmado.

Stephen King sabia disso muito bem quando escolheu o Stanley Hotel para a sua obra The Shinning. Como não lembrar daquele hotel gigantesco e, principalmente, daqueles corredores com tapetes geométricos no chão? O Stanley Hotel, no qual King se hospedou na véspera do Halloween, está localizado em Estes Park, Colorado. É um recinto de estilo colonial de onde se pode ver o Lago Estes e as Montanhas Rochosas, um dos lugares mais simbólicos dos EUA.

Pixabay
Pixabay
Este não é o único edifício de filme que fica na memória, há muitos mais. Por exemplo, se formos à vizinha Espanha, o Palácio de los Hornillos, também chamado Palácio de las Fraguas, na Cantábria, foi escolhido por Alejandro Amenábar para a rodagem do exterior do filme “Os Outros”, estrelado por Nicole Kidman. Este edifício, datado do final do século XIX, é um trabalho do arquiteto Ralph Selden Wornum.

Turismo de Cantabria
Turismo de Cantabria

Seguimos com os “sets” de filmagem, desta vez com casas. Se gostas da série Charlie's Angels, certamente esta casa já chamou a tua atenção: Malin Residence é uma casa octogonal, conhecida como casa Chemosphere, e parece um OVNI empoleirado na encosta do Vale de San Fernando. O criador foi John Lautner e a casa também pode ser vista no filme Body Double, de Brian de Palma.

Wikimedia_evdropkicki_cc-by-2.0
Wikimedia_evdropkicki_cc-by-2.0
Outra muito famosa pela sua arquitetura e localização espetacular é a Casa Malaparte, localizada em Capri, Itália. Situa-se em frente a uma falésia sobranceira ao Mediterrâneo e embora a princípio a obra tenha sido atribuída ao arquiteto Adalberto Libera, aparentemente foi o seu proprietário, o escritor Curzio Malaparte, que rejeitou o desenho original de Libera e terminou o projeto tal qual como é conhecido. Aparece no filme Desprezo, de Jean Luc Godard.

Wikimedia_cc-by-sa-3.0
Wikimedia_cc-by-sa-3.0
Se és fã de Woody Allen, a próxima casa certamente vai parecer-te familiar: estamos a falar de uma casa elíptica e futurista, que poderia assemelhar-se, como a Malin Residence, a um disco voador. É a Sculptured House, de Charles Deaton. Esta construção, localizada na Montanha Genesse, Colorado, serviu de cenário para o filme El Dormilón, rodado em 1973. .  

Wikipedia_cc-by-2.0
Wikipedia_cc-by-2.0

A laranja mecânica, de Kubrick, foi filmada num dos primeiros projetos de Norman Foster e Richard Rogers, a Skybreak House, em Hertfordshire, Inglaterra. Este projeto foi assinado por Foster e respetivos sócios na época, o gabinete Team4. Datada de 1966, a casa também é conhecida por casa Jaffe e foi concebida a pensar em três aspetos, a máxima flexibilidade na sua utilização, a luz natural e a possibilidade de fazer crescer a casa na paisagem em futuras ampliações.

33milimetros.org
33milimetros.org

E, finalmente, um filme de culto: Blade Runner, de Ridley Scott. O diretor tentou ambientar a cidade de Los Angeles em 2019 na Ennis House, uma casa residencial projetada por Frank Lloyd Wright para o empresário Charles Ennis. A obra, de 1924, é construída sobre blocos de cimento pré-moldado inspirados nos relevos simétricos de edifícios maias. Foi vendido há dois anos por cerca de 16 milhões de euros.

Hilton & Hyland
Hilton & Hyland