Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Assim é a incrível ponte Ruyi na China: perfeita para corajosos e amantes da arquitetura impossível

As obras foram concluídas em setembro de 2020. Apesar do coronavírus, estima-se que mais de 200.000 pessoas já tenham passado por esta estrutura

Arquitectura Viva
Arquitectura Viva
Autor: Eduardo G. Martínez

A China tornou-se numa paragem obrigatória para os apaixonados por arquitetura impossível. Nos últimos anos, o país tem-se destacado, do ponto de vista arquitetónico, pela construção de estruturas colossais que mais parecem saídas de filmes de ficção científica. E esta última ponte, não é para menos.

Weibo
Weibo

Trata-se da Ponte Ruyi, em Taizhou, província de Zhejiang, leste da China, e é tão espetacular que, a princípio, até se acreditou que pudesse ser uma imagem computadorizada.

A construção desta proeza da engenharia teve início em 2017. As obras foram concluídas em setembro de 2020 e, desde então, não deixou de receber visitantes. Apesar do coronavírus, estima-se que mais de 200.000 pessoas já tenham passado por esta estrutura. Estes números evidenciam o potencial turístico da construção, que está longe de tudo o que se fez antes, em termos de design.

Weibo
Weibo

A ponte, cuja forma faz lembrar o ADN, tem 100 metros de comprimento e mais de 140 metros de altura, e está localizada numa área cuja beleza cénica é incrível. Quanto à sua estrutura, é composta por três pontes ondulantes - pouco adequadas para quem sofre de vertigens.

Weibo
Weibo

A ponte Ruyi foi projetada por He Yunchang, especialista em estruturas de aço que integrou a equipa responsável pelo estádio principal dos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008.

Weibo
Weibo

Embora seja incrível, esta ponte está longe de ser a maior ponte de vidro do mundo. A maior, também fica localizada na China, na área das Três Gargantas de Huangchuan, província de Guangdong, e tem 526,14 metros de comprimento. Está suspensa a uma altitude de 201 metros.