Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Michael Jordan tenta vender a “amaldiçoada” mansão de Chicago. Agora por 13,2 milhões

Autor: Redação
icon shape Highland Park, Chicago
icon euro 13,2 milhões de €
icon pound-key Desporto
Ver mais casas de famosos

A lenda viva do basquetebol, Michael Jordan, não desiste de tentar vender a mansão na qual viveu durante o melhor período da sua carreira, ao serviço dos Chicago Bulls. Depois de três anos no mercado, com um leilão falhado pelo meio e uma redução considerável de preço, Jordan volta agora a tentar “desfazer-se” da casa, que está no mercado por 14,8 milhões de dólares (13,2 milhões de euros).

Trata-se de um valor que é praticamente metade face ao montante pedido pelo ex-basquetebolista em 2012.

A propriedade encontra-se num enorme terreno com 2,8 hectares e está situada no luxuoso bairro de Highland Park, perto do lago Michigan. Jordan e a família já não vivem em Chicago e têm varias propriedades na Flórida, Utah e Carolina do Norte.

Em causa está uma mansão com 5.200 m2 que tem nove quartos, 17 casas de banho, dois ginásios, adega, dois teatros, sala de cinema, campo de basquetebol, court de ténis e piscina, entre outros luxos.

Ver mais casas de famosos