Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Esta mansão de sonho (e excêntrica) em Londres vale ouro: custou 250 milhões

Esta casa-palácio com 45 quartos localiza-se na requintada área de Knightsbridge, junto aos armazéns de luxo Harrods.

Interior
Sala de estar / Pro Auction Limited
Autor: Redação

Todas as quintas-feiras abrimos as portas de uma casa de sonho. E esta semana espreitamos aquela que já é considerada a moradia mais cara de Londres. O magnata imobiliário chinês Cheung Chung Kiu acaba de bater todos os recordes ao pagar 210 milhões de libras, cerca de 250 milhões de euros, por esta casa-palácio com 45 quartos na requintada área de Knightsbridge, junto aos armazéns de luxo Harrods. A mansão tem piscina, spa e uma decoração clássica italiana.

A mansão ocupa os números 2-8a de Rutland Gate, com vista para o Hyde Park. A fachada de estuque branco reflete a típica casa vitoriana da zona: tem sete andares e ocupa 5.760 metros quadrados (m2). Originalmente havia quatro casas geminadas, mas nos anos 80 do foram reabilitadas para se unirem.

Este preço ultrapassa a marca anterior de 140 milhões de libras de uma casa de campo em Oxfordshire há quase uma década, ou os 125 milhões de libras que o bilionário americano Ken Griffin pagou há um ano por outra mansão em Carlton Gardens.

De facto, a compra feita por Chung Kiu supera – no câmbio atual – o valor que o fundador da Citadel pagou em 2019 por um triplex num arranha-céus no Central Park em Nova Iorque (238 milhões de dólares, cerca de 210 milhões de euros).

A CC Land Holdings é a empresa detida pelo bilionário chinês. Está cotada na bolsa de Hong Kong e opera principalmente na China, embora esteja no Reino Unido desde 2016 com a compra do Edifício Leadenhall, em Londres.