Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

World Architecture Festival chega a Lisboa em dezembro – organização mantém evento

O evento acontece entre 2 e 4 de dezembro. Prazo de entrega dos projetos candidatos aos prémios alargado até 14 de agosto.

WAF
WAF
Autor: Redação

Apesar da pandemia do novo coronavírus, e de não se saber ainda quando acontecerá o regresso à normalidade, a organização da 13.ª edição do World Architecture Festival (WAF) pretende manter a data do grande evento, agendado para os dias 2 a 4 de dezembro, na FIL, em Lisboa. Ao que tudo indica, os arquitetos de todo o mundo continuam a submeter os seus projetos online, como “habitualmente”.

Os organizadores do WAF estão conscientes da atual situação, que já levou ao cancelamento de vários certames e grandes eventos mundiais e, portanto, decidiram alterar os prazos de entrega dos projetos candidatos aos prémios, segundo se lê no site. A data limite de inscrição antecipada é 4 de maio, e a data final 14 de agosto.

“Atentos ao efeito do coronavírus nas comunidades em todo o mundo, e juntamente com todos os organizadores responsáveis ​​do evento, estamos a monitorizar a situação em relação às nossas responsabilidades relativas aos delegados, expositores e funcionários”, escreve o diretor do WAF, Paul Fiinch. “Esperamos que, no outono, a situação da saúde se tenha estabilizado, tendo em mente o que agora parece estar a acontecer na China”, acrescenta.

O WAF é o único prémio de arquitetura no qual todos os ateliers pré-selecionados apresentam os projetos ao vivo, diante dos jurados do festival. Além dos vencedores das categorias individuais, o júri internacional, composto por mais de 145 membros, representando 48 países, escolherá o melhor edifício do ano, o melhor projeto futuro, a melhor paisagem e o melhor design de interiores. São 44 categorias, no total.