Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Número de mortes por Covid-19 no mundo pode ser maior que o estimado

Segundo o The Economist, terão morrido entre 7 e 13 milhões de pessoas no mundo desde o início da pandemia.

The Economist
The Economist
Autor: Redação

O The Economist publicou recentemente um relatório “duro” sobre o número de mortes causadas pela pandemia da Covid-19 em todo o mundo. Uma das conclusões a destacar é que o número de óbitos pode ser superior ao mencionado nas estatísticas. “As pessoas ficaram terrivelmente familiarizadas com o número de mortes que os seus governos publicam todos os dias”, escreve a publicação, estimando que tenham morrido entre 7 e 13 milhões de pessoas no mundo desde o início da pandemia.

De acordo com a publicação, as estatísticas oficiais de muitos países excluem as vítimas que não apresentaram teste positivo para o novo coronavírus antes de morrer, e nem todos os países têm a capacidade de realizar testes de diagnóstico quando estão a tratar de uma pessoa doente. “A maioria das mortes causadas pela Covid-19, mas não atribuídas ao vírus, ocorre em países com rendimentos baixos e médios”, adianta o The Economist.